Home - Últimas - CM da Guarda cancela festa de Fim de Ano e activa Plano Municipal de Emergência

CM da Guarda cancela festa de Fim de Ano e activa Plano Municipal de Emergência

O presidente da Câmara Municipal da Guarda anunciou hoje que activou o Plano Municipal de Emergência, que cancelou a festa de Fim de Ano e que adiou concertos agendados para recintos fechados, mantendo-se somente as actividades ao ar livre. “Tendo em conta a evolução epidemiológica do nosso concelho, debatida na reunião da comissão municipal de protecção civil, declarámos o estado de alerta municipal e assinei hoje a activação do plano municipal de emergência”, anunciou Sérgio Costa, salientando que a autarquia vai disponibilizar 25 mil testes da COVID-19.

O autarca falava após a primeira reunião da comissão municipal de protecção civil com o novo executivo e explicou que, “com base na activação do plano, são adiados os concertos de Natal que estavam previstos para as igrejas das aldeias, freguesias e cidade” da Guarda. “É também cancelado o espectáculo das Janeiras e a festa da passagem de ano, com reagendamento do concerto previsto para data a anunciar”. “A única coisa que se mantém é o lançamento do fogo de artifício, a partir da Torre de Menagem, porque será visível por todas as pessoas a partir de sua casa e assim assinalamos o dia”, destacou.

A Câmara da Guarda vai “também disponibilizar a partir de agora 25 mil testes” ao vírus SARS-CoV-2, que provoca a covid-19, que serão distribuídos pelas forças de segurança, de protecção civil, associações culturais e desportivas e instituições particulares de solidariedade social.

O autarca sublinhou que as medidas adoptadas pelo município “são sempre em consonância com o que as autoridades nacionais vão dizendo” e a comissão mantém a “vigilância na situação epidemiológica” para assim “ir agindo”.

As “únicas actividades que se mantém” do programa municipal “Guarda, cidade Natal”, “são as que se realizam única e exclusivamente ao ar livre”, reforçou o autarca, que deixou “para decidir depois” se a tradição do Madeiro de Natal na Cidade e o Magusto das Velhas no dia 26, que “apesar de serem ao ar livre, se mantêm.

“A programação do Teatro Municipal da Guarda (TMG) vai manter-se e o acesso aos espectáculos será feito em conformidade com as regras impostas pelo estado de calamidade do país”, disse. Estas “regras aplicam-se também no museu e na biblioteca” municipal.

O concerto de quarta-feira no TMG, de António Zambujo com a Orquestra Filarmonia das Beiras, “vai realizar-se com as referidas condições de acesso” e “os espectadores deverão ter na sua posse os bilhetes do concerto que estava inicialmente agendado para Agosto e são válidos para esta nova data”.

“Há dois campeonatos nacionais agendados para este fim-de-semana, o de Natação e o de Andebol, que serão realizados, após consulta com as organizações e federações, mas não terão público”, alertou. Sérgio Costa assumiu que a autarquia “também já cancelou o seu tradicional jantar de Natal com os funcionários” e, depois de “vários empresários já terem dito que também cancelaram” as suas festividades, o autarca lembrou que “a Câmara não pode proibir, mas pode apelar ao bom senso e ao cumprimento das regras” impostas no país.

LEIA TAMBÉM

Casos de COVID-19 explodiram em Tábua: 251 novos casos em oito dias

O concelho de Tábua registou 251 casos de COVID-19 nos últimos oito dias e o …

Foi adjudicada, por 7,8 milhões, a requalificação do pavilhão 5 do Hospital da Guarda e ULS avança nos tratamentos oftalmológicos

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anunciou hoje que foi adjudicada a empreitada …