Home - Opinião - Com este PS, em cada cavadela são mais dois ou três minhocos e minhocas!… Autor: João Dinis

Com este PS, em cada cavadela são mais dois ou três minhocos e minhocas!… Autor: João Dinis

De facto, esta já é a norma com gente alcandorada a altas responsabilidades neste PS com que o destino nos castiga. É a dança, política e eticamente “pornográfica”, com Ministros, Secretários e Secretárias de Estado e alguns Presidentes de Câmara pelo caminho também. Uma escandaleira que corre para ultrapassar os tempos do Sócrates…

Agora “estourou” também a condenação em Tribunal – 4 anos de prisão com pena suspensa – do Presidente da Distrital de Coimbra do PS e também Presidente da Câmara Municipal de Condeixa-a-Nova.  O motivo que já transitou em julgado (embora sujeito a provável recurso) prende-se com um “negócio” de incidência em interesses privados, perpetrado pelo senhor à custa da “coisa pública” enquanto membro de um organismo público.  Enfim, uma “vigarice” em termos populares.

Sendo certo que quase de certeza vai haver recurso interposto pelo agora condenado Presidente da Distrital de Coimbra do PS e também Presidente da Câmara de Condeixa, e tem legitimidade democrática e jurídica para interpor esse recurso, também é verdade que a presente situação lhe deveria impor a decisão – ética e democrática – em renunciar ao cargo de Presidente da Câmara para já não falarmos do cargo de Presidente da Distrital do PS que esta última decisão é mais do foro interno deste partido.

Este senhor está (para já) condenado por um Tribunal por “negócios” que lesaram o erário ou o património públicos!  Que garantias dá ele para se manter, com seriedade e isenção, como Presidente de uma Câmara Municipal?  Quanto a mim não dá.

Sabemos bem que essas matérias até nem tiram muitos votos em eleições mesmo quando estas ocorrem com assuntos desonestos ainda “quentes” a envolver candidatos, vidé o que aconteceu na Câmara de Oeiras…  Mas há a transparência democrática e o prestígio das Instituições e do regime democrático a defender, o que só se pode conseguir com apoio popular.

Ora, o PS está a dar o pior dos exemplos nestas matérias.  Está a “empanturrar” de motivos um partido como o Chega o que se pode vir a traduzir em ainda mais votos neste partido…

Pelo seu lado, o PSD ainda anda a juntar cacos e motivações para ter mais confiança num eventual e próximo acto eleitoral.  O problema é que é previsível não conseguir votos para assegurar alternância no governo.  Muito provavelmente, o PSD só poderá formar governo no futuro próximo se concordar com o apoio directo e indirecto do Chega.  E podem vir para cá “cantar” que não o farão pois já o fizeram nos Açores…

O perigo principal para a Democracia é mesmo o do Chega chegar ao governo, não é o PS saltar do Governo que até andam a fazer tudo para isso…

A luta continua!

 

 

 

Autor: João Dinis, Jano

 

LEIA TAMBÉM

«São rosas, Senhor, são rosas…». «Não só, Senhora, também há laranjas!».  São frutos do sistema, dizemos nós!… Autor: Carlos Martelo

Não sei bem porquê, acudiu-nos à ideia a história das rosas do rei D. Dinis …

O atestado. Autor: Fernando Roldão

Um atestado é uma declaração feita por testemunha ou por quem tem a certeza da …