Home - Outras notícias - Constituídos dois arguidos por homicídio por negligência e ofensas corporais nos incêndios de Pedrogão Grande

Constituídos dois arguidos por homicídio por negligência e ofensas corporais nos incêndios de Pedrogão Grande

O Departamento de Investigação e Acção Penal constituiu como arguidos o comandante dos bombeiros de Pedrógão Grande, Augusto Arnaut, e o segundo comandante distrital de Leiria Mário Cerol. Os dois arguidos do inquérito sobre os incêndios de 17 de Junho em Pedrógão Grande estão indiciados por homicídio por negligência e ofensas corporais por negligência.

“Em causa estão factos susceptíveis de integrarem os crimes de homicídio por negligência e ofensas corporais por negligência”, refere o gabinete de imprensa da PGR .

Os incêndios de Pedrógão Grande deflagraram em 17 de Junho e provocaram a morte a 64 pessoas e mais de 200 feridos. Uma outra pessoa morreu atropelada quando fugia do fogo e, recentemente, uma mulher morreu no hospital, cinco meses depois de ter sido internada na sequência dos incêndios.

 

LEIA TAMBÉM

Canas de Senhorim com mais dois casos de CVID-19 e no total já são cinco

O Município de Nelas conta desde hoje com mais dois casos positivos do COVID-19, acrescendo …

Oliveira do Hospital impõe aumentos no preço da água que chegam a superar os 65 por cento

Empresa de gestão de água do Pinhal Interior (APIN) vai aplicar tarifário social no período de emergência

A APIN – Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior Norte, que agrega 11 municípios …