Home - Opinião - Contra a Covid 19 e seus “aliados”… AVANTE ! “Festa do Avante !” – Sempre! Autor: João Dinis

Contra a Covid 19 e seus “aliados”… AVANTE ! “Festa do Avante !” – Sempre! Autor: João Dinis

De certeza que eu sou dos Oliveirenses, e até dos Portugueses, que mais dias tem de “Festa do Avante !” ao longo de mais de 40 anos.  E também sou um dos que lá mais trabalhou (noite e dia) a preparar a Festa e, depois, enquanto os Visitantes se divertiam e se cultivavam política e culturalmente.  Sim, Meus Caros e Minhas Caras, que não há em Portugal, e apesar de eu não as conhecer a todas, obviamente, Festa como a “Festa do Avante !”.  

Uma “Festa” muito grandiosa, com tamanha, diversificada e cuidada “oferta” em convívio, em fraternidade mas também em “comes e bebes”, em espectáculos culturais e recreativos, em cultura popular e de massas.  Isto, sem esquecer os espectáculos mais “eruditos” mas postos à disposição de milhares de Pessoas em simultâneo e ali “à mão” como acontece com as sessões de música dita “clássica” com os incontornáveis Beethoven e a sua “Nona Sinfonia – Hino da Alegria” à cabeça do “cartaz” como já lá se ouviu e viu, e mais do que uma vez.

De permeio, também há, e com conta, peso e medida, a mensagem política e partidária.  Pudera que é a Festa organizada pelo Partido Comunista Português !  Entretanto, essa mensagem político-partidárias é evidenciada de forma “artística”, sem agredir as convicções de quem vem à Festa ou seja, em respeito pelas dezenas e dezenas de milhar de Visitantes não comunistas.  Neste contexto, o grandioso “Comício de Encerramento”, na tarde do Domingo da Festa, congrega o entusiasmo militante dos Comunistas e a curiosidade atenta de milhares de não comunistas. Também esse Comício é um “Comício-Festa”, afinal uma exaltante manifestação de vontade e inteligência solidárias e de convívio, humanos !

Por tudo isso e por mais ainda, esta nossa “Festa do Avante !” concentra o ódio “de classe” de todos os “reaças”, e dos “encartados” especialmente, que servem o grande e mais explorador capital em Portugal e fora dele.  Sim, o grande capital de apetência monopolista pagará muitos “milhões” a quem conseguir fechar/calar a “Festa do Avante !” e a voz esclarecida e mobilizadora do PCP para a luta, para a alternativa à política de direita…

Em raivoso ataque à “Festa do Avante!”, este ano vieram à liça os “aliados” da Covid 19…

Tal como já acontecera nas Comemorações do 25 de Abril e do 1º de Maio, a pretexto dos cuidados a ter com a pandemia da Covid 19, actuaram, em coro histérico mas organizado, uma catrefada de serventuários do grande capital a invocarem a “saúde pública” e o perigo da propagação do vírus para reclamar a “proibição” oficial dessas iniciativas.

Coro histérico mas organizado que, através das “cornetas amplificadoras” da grande comunicação social, se assanhou – como cães raivosos – contra a realização da “Festa do Avante! – 2020”.  

O pretexto continuou a ser a pandemia e os alegados “perigos” de propagação do vírus.       Assim como se, em síntese, os Comunistas sejam uns malvados duns irresponsáveis, assim como se os Comunistas não amem os seus próprios Filhos e outros Familiares que, afinal, a Covid 19 não escolherá quem atacar…

Ou seja os “reaças de serviço” – e pagos para isso mesmo –  aliaram-se outra vez à Covid 19 agora nos ataques à “Festa do Avante !”.  Enfim, deviam eles saber, à partida, que estavam a atacar o PCP à “falsa fé” e com recurso à mentira e à hipocrisia mais aviltantes !  Mas, “coitaditos” que outros mais “pintados” que eles, outros mais duros que eles, os fascistas puros e duros, nunca conseguiram vergar o jornal “Avante !” e o PCP, por mais artimanhas e violências que tivessem aplicado !  

Sim, também estes neo-fascistas de agora não o conseguiram !

Não o conseguiram apesar de terem usado e abusado da mentira e da manipulação, tudo muito ampliado pela grande comunicação social o que, e tal como eles pretendem, de facto levou muita Gente, muita Gente boa, a também alinhar na “tese” da não realização da nossa “Festa do Avante !”. 

Para aliciar, dizem esses “reaças encartados” que se preocupam com a nossa saúde e com a nossa vida… Grandes aldrabões que, quando se trata de (tentar) destruir o “Serviço Nacional de Saúde – SNS” logo eles marcham à frente das hordas inimigas do SNS…   E que, quando se trata de aumentar o salário mínimo ou as pensões e reformas mais baixas, logo eles gritam, também em coro histérico, que “isso não pode ser ! O “País não aguenta !” e votam “contra” as propostas que o PCP apresenta sucessivamente…para o aumento do salário mínimo…para o aumento das pensões e reformas… Esses “reaças encartados” são também os mesmos que sempre se colocam de cócoras, solícitos, de cada vez que o directório das grandes potências da União Europeia impõe mais atentados à Soberania e à Independência Nacionais…  São, pois, uns cretinos com a agravante de serem reaccionários e até neo-fascistas vários  deles!

A “Festa do Avante ! “ é uma “instituição democrática” saída do 25 de Abril !

A “Festa do Avante !” não é uma “birra partidária” do PCP !

E o PCP ao insistir e ao realizar a “Festa do Avante! – 2020” não o fez por “birra”.   Antes pelo contrário, foi acompanhando, naturalmente preocupado e actuante, a evolução da pandemia e tomou espontaneamente, e aceitou tomar as medidas (várias delas, aliás, exageradamente restritivas) impostas pela Direcção Geral de Saúde.  Sim, o PCP aceitou a mais restritiva dessas medidas, a (exagerada) limitação a pouco mais de 16 500 presenças simultâneas dentro do Recinto da “Festa”, isto para uma área ao ar livre, total e disponível, note-se, de 30 hectares ou seja, uma área idêntica a mais de 50  campos de futebol daqueles usuais nas nossas Aldeias !   

É por causa dessa medida exageradamente restritiva que eu não fui este ano de 2020 à edição nº 44 da “Festa do Avante !”.  Comprei o bilhete de entrada na “Festa” – a  “Entrada Permanente – EP” mas não fui.   Não por “medo” da Covid 19 mas por recear chegar à “Quinta da Atalaia” e não poder lá entrar, no Recinto da “Festa”…

O  PCP insistiu e realizou a “Festa do Avante !” para reafirmar os direitos democráticos conquistados com o 25 de Abril de 1974 que derrubou o fascismo !

 O  PCP insistiu e realizou a “Festra do Avante !” – 2020, 

para defender os direitos e interesses dos Trabalhadores e do Povo Português !

 

O  PCP insistiu e realizou a “Festa do Avante !” – e respeitou todas as exigências sanitárias e de distanciamento social — porque os Trabalhadores e o Povo Português são os destinatários finais da Festa e da sua mensagem política, social, cultural e de liberdade !  E porque os Trabalhadores e o Povo Português merecem do PCP todos os esforços e sacrifícios e gostem ou não gostem disso os “reaças encartados” e os seus “donos” que se escondem atrás dos “milhões” que nos “chupam” todos os dias ! 

Dizem-nos agora que o PCP “vai pagar uma pesada factura” – no plano social e eleitoral – por ter realizado a “Festa do Avante !” este ano.  Talvez sim ou talvez não.  Sabido é já, até pela experiência anterior, que o PCP  não se “encolhe” na batalha por recear perder votos em eleições que há muita vida, há muita luta, para lá dos votos !  

Enfim, os “reaças de turno” podem até vir dizer, podem continuar a mentir, que a pandemia se agrava devido à realização da “Festa do Avante!”.   Sim, que são capazes disso e de mais ainda, são até capazes de dizer que a pandemia se agrava agora mesmo em Espanha e França, na Índia, (…) por causa da “Festa do Avante!”…

Na vida e na luta, o  PCP honra e respeita os seus compromissos perante o nosso Povo e a nossa Pátria, em quaisquer circunstâncias e quaisquer que possam ser as consequências como, afinal, o provam a vida e a luta do PCP ao longo já de 100 anos !

Todavia, quem se apraz e ri com a dentuça toda ao agoirar o “fim do PCP” – previsão em que, mais uma vez, estão redondamente enganados – afinal não conhece o PCP.  Se conhecesse, se quisesse conhecer, saberia de antemão que se ia enganar no prognóstico como pretenso “cangalheiro do PCP”.   E, então, não era por aí que iria gastar a sua “energia reaccionária” e jogar as suas “cartas viciadas”…

Termino, por agora, com a bela e esperançosa expressão utilizada (de improviso…) pelo Secretário-Geral do PCP no final do Comício-Festa de encerramento desta preciosa “Festa do Avante ! – 2020”:

– “Nestes três dias, nós conseguimos resgatar (nesta “Festa do Avante !”) a alegria de viver!

Pois não se reduza a três dias ! Que cada um de nós, todos juntos, na luta, na intervenção, temos de ter esta grande alegria de viver !   Esta grande alegria de participar, de intervir, de conseguir uma sociedade mais justa !”.

Foto: Blitz

 

João Dinis, Jano, (Militante do PCP)

LEIA TAMBÉM

Quem for proveniente de Portugal terá que cumprir quarentena à chegada à Suíça

A Suíça vai obrigar todos os viajantes provenientes de Portugal a uma quarentena já a …

Nelas com mais dois pacientes infectados com a COVID-19

Nelas passou a contar hoje com mais dois casos positivos de COVID-19. Os novos casos …