Home - Educação - Crianças de Oliveira do Hospital de Oliveira do Hospital fizeram a festa do Dia do Pijama

Crianças de Oliveira do Hospital de Oliveira do Hospital fizeram a festa do Dia do Pijama

O Dia Nacional do Pijama, que se comemorou ontem, foi assinalado pelas crianças que frequentam o pré-escolar no concelho de Oliveira do Hospital. Cerca de 600 utentes dos jardins-de-infância da rede pública e outras instituições do concelho foram para a escola vestidos a rigor, com pijama e pantufas. “Um dia diferente para lembrar que cada criança tem direito a crescer em ambiente familiar, ao qual aderiram praticamente em massa as IPSS concelhias”, deu conta uma nota da autarquia, que distribuiu também uma foto onde o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Alexandrino, e a vereadora da Educação, Graça Silva, surgem sorridentes junto de um grupo de crianças.

O Dia Nacional do Pijama, que pela segunda vez contou com concelho de Oliveira do Hospital, é uma iniciativa da Associação Mundos de Vida, participado por crianças até aos dez anos, já que este ano foi alargado às crianças do 1.º ciclo, que anualmente, a 20 de Novembro, vão vestidas de pijama para a escola. É um dia solidário que pretende sensibilizar a população para facto de que todas as crianças devem crescer numa família, conforme defende a Convenção Internacional dos Direitos da Criança. Um direito fundamental que está vedado às cerca de nove mil crianças que, no nosso país, vivem em instituições. Apenas uma pequena parte vive em famílias de acolhimento que deveria ser o recurso privilegiado quando as crianças têm de viver fora dos seus pais até ao dia em que possam regressar aos seus lares.

“Num gesto simbólico, os meninos e meninas que frequentam o Jardim de Infância do Largo da Feira, na cidade de Oliveira do Hospital, deslocaram-se aos Paços do Município onde sensibilizaram o executivo e os colaboradores da Câmara Municipal para esta causa solidária”, refere a mesma nota que dá voz à vereadora da Educação Graça Silva. “Estão de parabéns por manifestarem preocupação por esta causa. É sem dúvida um forte manifesto de solidariedade para com os mais desprotegidos que tanto precisam de apoio para se tornarem cidadãos com os mesmos direitos”, sublinhou a responsável.

LEIA TAMBÉM

Cartaz do PS em rotunda de Oliveira do Hospital causa polémica e há quem o considere um perigo para o trânsito

Um “outdoor” enorme do candidato do PS à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital colocado …

“Há muitos que são obrigados a fazer limpezas e nem têm dinheiro para comer e no domínio público continua tudo maioritariamente abandonado”

Fernando Tavares Pereira considera que o poder central e as autarquias têm de tomar uma …