Home - Destaques - Cursos da ESTGOH revelaram-se pouco atrativos na 1ª fase de acesso ao ensino superior

Cursos da ESTGOH revelaram-se pouco atrativos na 1ª fase de acesso ao ensino superior

Foram apenas 23 os alunos que na primeira fase de acesso ao ensino superior foram colocados na Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital. Em dois dos três cursos só entraram três alunos.

A padecer de uma reduzida oferta formativa, a ESTGOH revelou-se também pouco atrativa para os alunos que se candidataram à 1ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior. No conjunto das três licenciaturas colocadas a concurso com um total de 101 vagas disponíveis, apenas foram preenchidos 23 lugares.

O curso mais procurado foi o de Administração e Finanças com um total de 20 alunos colocados. Pior performance foi porém, registada pelas licenciaturas em Desenvolvimento Regional e Ordenamento do Território com apenas duas vagas (num total de 30 disponíveis) preenchidas e Engenharia Informática que apenas conseguiu colocar um aluno num total de 30 lugares vagos.

Com 23 alunos colocados, a ESTGOH regista um dos piores resultados no que à captação de novos alunos diz respeito. Refira-se que o processo não está, contudo, fechado. Em curso está já a 2ª fase do concurso nacional de acesso que possibilita a colocação de novos alunos na escola afeta ao Instituto Politécnico de Coimbra.

LEIA TAMBÉM

Guarda e Coimbra sob aviso laranja devido a previsão de trovoada

Treze distritos do norte e centro de Portugal continental estarão sob aviso laranja no domingo, …

Sampaense Basket disputa quartos-de-final

O Sampaense Basket, do concelho de Oliveira do Hospital, disputa amanhã os quartos-de-final. O playout …