Home - Economia - “Da Nossa Terra” regressa ao Mercado Municipal de Oliveira do Hospital

“Da Nossa Terra” regressa ao Mercado Municipal de Oliveira do Hospital

… entra em novo ciclo já no próximo sábado, 8 de setembro.

Cumpridos os objetivos iniciais de mostrar o que de melhor se produz no concelho e na região, sem descurar a aceitação “bastante positiva” por parte de expositores, visitantes e consumidores, nada mais resta do que não seja o regresso da iniciativa “Da Nossa Terra” ao Mercado Municipal de Oliveira do Hospital.

Tal facto já é ponto assente entre as entidades responsáveis pela organização da Mostra de Produtos Biológicos, Agrícolas e Tradicionais – Câmara Municipal e ADI – que já calendarizara para o próximo sábado, 8 de setembro, a realização da 13ª edição da iniciativa. Uma data que vai de encontro ao calendário anteriormente seguido e que apostava na realização da mostra no segundo sábado de cada mês, entre as 08h00 e as 13h00.

Tal como até aqui, a Mostra continua a aberta a todos os produtores biológicos do concelho e da região, bem como produtores de agricultura tradicional, desde que se insiram no âmbito desta iniciativa e que queiram abraçar a causa da promoção, divulgação e venda dos produtos produzidos na “Nossa Terra”, seja em modo de produção tradicional, as usuais produções da horta, do quintal ou da quinta, seja os produtos biológicos.

Desde o seu início, a Mostra de produtos biológicos, agrícolas e tradicionais – “Da Nossa Terra” tem vindo a aumentar o número de produtores permanentes, contando-se atualmente com a presença de cerca de 25 produtores do concelho.

Um número que não se encontra fechado, mantendo-se ativa a possibilidade de inscrição de mais e novos produtores. O objetivo, adianta a organização, é de que “esta iniciativa possa continuar a crescer e a inserir-se nos hábitos dos oliveirenses”.

A par da intenção de mostrar o que de melhor se produz no concelho e na região, a organização tem a pretensão de fazer da Mostra uma espaço de oportunidade para os vários produtores locais, no sentido de escoarem a suas produções, permitindo acréscimos de rendimento a estas famílias.

Ao consumidor é igualmente dada a possibilidade de adquirir produtos de boa qualidade a baixos preços, potenciando também a promoção de hábitos de alimentação saudável, associada à qualidade dos produtos da terra.

LEIA TAMBÉM

Homem fica em prisão preventiva por ameaçar companheira em Celorico da Beira

Um homem de 24 anos foi detido pela GNR, no concelho de Celorico da Beira, …

O provável regresso da neve, chuva e frio

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou a Guarda em alerta amarelo …