Home - Últimas - Depois de 20 anos de espera, a COVID-19 pode afastar novamente a “La Vuelta” de Salamanca

Depois de 20 anos de espera, a COVID-19 pode afastar novamente a “La Vuelta” de Salamanca

Depois de 20 anos à espera, a COVID-19 pode afastar novamente La Vuelta de SalamancaFaltam cinco meses para o que deveria ser (em princípio, em 4 de Setembro), o regresso, 20 anos depois, da La Vuelta à Ciudad Rodrigo. Mas a situação gerada pelo coronavírus pode deitar por terra esse momento de festa. É que é bastante provável que quando as competições regressarem o calendário mundial de ciclismo será reordenado, como A União Internacional de Ciclismo na confirmou na quarta-feira. E Salamanca pode ficar de fora. Mais uma vez.

Com base no facto de que a organização de La Vuelta está hoje com total confiança em poder realizar o evento normalmente – como Javier Guillén , director do evento manifestou em várias entrevistas – a corrida tem um importante ‘problema’ de partida: este ano, apostou fortemente na internacionalização, com passagem por um total de quatro países, incluindo uma partida da distante Holanda , um pouco “contraproducente”, uma vez que é previsível que a limitação de movimentos e viagens se estenda por alguns meses .

A situação no mundo do ciclismo é confusa. Para começar, o Giro d’Italia (cuja partida estava marcada na Hungria em 9 de Maio) já não será disputado nesta data. O objectivo é marcá-lo para outro momento da época. O Tour de France mantém as datas programadas (de 27 de Junho a 19 de Julho), embora esteja em estudo, por exemplo, que será disputado “à porta fechadas” (sem público nas partidas e chegadas), algo que já aconteceu em Março com o Paris-Nice , o último grande evento de ciclismo realizado até agora.

Em benefício do Tour, está o adiamento para 2021 das Olimpíadas de Tóquio , que dá mais espaço de manobra no calendário, caso seja necessário adiar algumas semanas devido ao coronavírus. Esse atraso do Tour poderia desencadear, como já foi apontado em alguns fóruns, um atraso de algumas semanas de La Vuelta, que este ano está programada para começar a 14 de Agosto , chegando em Ciudad Rodrigo em 4 de Setembro , apenas dois dias antes de terminar em Madrid (deve-se notar que o Tour e La Vuelta andam de mãos dadas ‘quando se trata de decisões, uma vez que compartilham a empresa organizadora: a French Amaury Sport Organization (ASO) ).

Hoje, existem apenas duas certezas , como declarado nesta quarta-feira em uma declaração da União Internacional de Ciclismo . Por um lado, que não haverá competições profissionais de ciclismo até pelo menos 1 de Junho e que a temporada de ciclismo se estenda em datas mais do que o habitual (pelo menos até 1 de Novembro).

LEIA TAMBÉM

Um ferido grave em despiste no Carregal do Sal

Um homem, de 25 anos, ficou gravemente ferido após despiste do carro que conduzia em …

Rui Rio acredita na conquista da CM de Oliveira do Hospital e Francisco Rodrigues fala em “dinâmica de vitória irreversível”

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é uma das autarquias que o presidente do …