Home - Outros Destaques - “Desleixo municipal visível e perigoso na estrada entre Oliveira do Hospital e Felgueira”

“Desleixo municipal visível e perigoso na estrada entre Oliveira do Hospital e Felgueira”

O autarca eleito para a Assembleia da União de Freguesias de Ervedal da Beira e Vila Franca da Beira considera um “desleixo perigoso” por parte da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital na estrada (municipal) entre Oliveira do Hospital e Felgueira Velha. João Dinis ressalva que faltam marcações no asfalto e as ervas e silvados que crescem sem controlo tapando a visibilidade nas curvas e tornando invisíveis os sinais verticais. O autarca da CDU sublinha que alertou igualmente para esta situação a Junta de Freguesia da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira, liderada pelo líder socialista da concelhia Carlos Maia.

Segue o texto na integra:

Desleixo municipal visível e perigoso na estrada entre Oliveira do Hospital e Felgueira.

Perigo maior:

Começamos por assinalar, pela enésima vez, o quase desaparecimento das marcações brancas, horizontais, no asfalto em grande parte do traçado desta Estrada.

Ponte do Salto – Fonte Escura envolvida por ervas e silvados…

Ainda recentemente, voltámos a alertar o Presidente da Câmara bem como a Presidente da Assembleia Municipal e os Membros desta, em sessão da Assembleia Municipal.

Aí, o Presidente da Câmara argumentou as generalidades do costume perante uma falha já “idosa” e cada vez mais perigosa para quem circula nesta Estrada.  De facto, repetiu generalidades como disco riscado há anos e anos!  E nós a ter de juntar “pé na tábua e fé em Deus” sempre que por lá andamos, sobretudo à noite e com chuva…

E este é o maior e mais perigoso problema nesta Estrada entre Oliveira do Hospital e Felgueira Velha!  Já tarda e retarda a sua resolução reavivando-se as marcações horizontais no asfalto!  Já é mais do que desleixo, atinge o nível de grave irresponsabilidade por parte do Executivo Municipal…

Mas há outros problemas que sendo de nível mais comezinho, todavia também denotam esse desleixo perigoso!

Desleixo:

Em torno da “Fonte Escura”, ali quase em cima da Ponte do Salto sobre o Rio Seia, crescem ervas e silvados, também no sentido Oliveira – Ervedal da Beira.

A “Fonte Escura” é ponto de paragem.  Para se recolher e beber água. Para desentorpecer as pernas e refrescar o rosto.

Em tempos, esta “Fonte Escura” foi arranjada e suas imediações cuidadas – pela Câmara. Agora, está abandonada, suja, envolvida por ervas e silvados.  Um mau estado que nos indigna e nos deve fazer protestar.   Pois então aqui fica o nosso protesto mas também a nossa reclamação inequívoca – à Câmara Municipal e à maioria PS que a (des)governa: – mandem limpar – bem e depressa! – a nossa “Fonte Escura”!

Mais perigo:

No sentido Oliveira – Ervedal da Beira, ao lado esquerdo do asfalto da Estrada, desde uns 50 metros antes da borda da Ponte do Salto, crescem densos silvados e giestas altas.  A travessia da “Ponte do Salto” tem prioridade para quem vem desde Oliveira do Hospital / Lagares da Beira.  Portanto, na travessia desta Ponte, quem descer desde Ervedal da Beira deve dar prioridade a quem vier em sentido contrário.

O problema é que as tais giestas e os tais silvados – “selvagens” ! – praticamente tiram a visibilidade a quem assoma à entrada da Ponte do lado sem prioridade.  Só pode ver outra viatura quando esta já estiver a entrar na Ponte onde o espaço disponível é demasiado estreito para se cruzarem em segurança.  Então, e já com a viatura no início da Ponte, vai de parar, meter marcha atrás e recuar para dar prioridade e passagem…   Uma manobra meio difícil sobretudo para quem já tiver artroses…  Manobra evitável, perigo evitável, caso a berma da Estrada estivesse limpa das giestas e dos silvados que encobrem as viaturas e retiram visibilidade!

Reclama-se limpeza criteriosa das bermas desta Estrada (e de outras…).

Sim, é urgente proceder à limpeza completa das bermas desta Estrada entre Oliveira do Hospital e Felgueira Velha.  É mesmo uma obrigação legal da Câmara que não está a ser respeitada.

É desleixo sim senhor e, pior que isso, é desleixo perigoso!  E para além do Presidente da Câmara quem é o Vereador responsável pelo desleixo perigoso ?

Pois é, fazem todos parte da maioria PS que (des)governa a Câmara e querem por lá continuar…

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital com mais um recuperado e apenas três casos de COVID-19

O município de Oliveira do Hospital  tem apenas três casos activos de Covid-19 e desde …

Sampaense Basket vence na Madeira e garante manutenção na proliga

O Sampaense Basket ganhou ontem na Madeira ao Galomar (77-82) e com isto garantiu a …