Home - Desporto - Desporto: Vítor Duarte está de saída do Sampaense Basket

Desporto: Vítor Duarte está de saída do Sampaense Basket

Ao fim de 17 anos, Vítor Duarte está de saída da secção de basquetebol da Sociedade Recreativa Lealdade Sampaense. Considerando tratar-se do “fim de um ciclo”, o principal rosto daquela secção desportiva justifica a sua saída – Vítor Duarte não se recandidata à presidência da secção de basquetebol – com a necessidade de aparecimento de “outra gente”.

“Já são 17 anos e acho que já é tempo mais”, afirmou há instantes ao correiodabeiraserra.com, referindo também ter “outros compromissos” que o impedem de continuar.

Disponível para continuar na presidência da SRLS até ao final do mandato, Vítor Duarte assegura que a decisão agora anunciada nada tem a ver com os maus resultados desportivos alcançados pela equipa de basquetebol. “Infelizmente descemos à Proliga, mas a minha decisão não teve nada a ver com isso”, asseverou, garantindo que a mesma já tinha sido tomada em Janeiro, altura em que terminou o seu mandato na presidência da secção. “Continuámos até aqui para não ficar um vazio na secção”, explicou.

De saída do Sampaense Basket, Vítor Duarte não deixa de destacar todo o trabalho realizado em prol da modalidade e que “teve efeitos positivos no concelho e a nível nacional”. Refere-se, concretamente, aos “quatro títulos nacionais alcançados” e aos “muitos jovens formados na modalidade”, com a particularidade de “alguns deles terem tido o ensejo de fazer parte da selecção distrital”.

À futura equipa directiva, Duarte deseja que dê continuidade ao trabalho realizado, “para que a modalidade não morra e possa ser uma das modalidades mais acarinhadas no concelho e que sirva, como serviu ao longo de muitos anos, de bandeira destas gentes do interior do país”

“Não quero que o Sampaense Basket morra comigo”

Numa altura em que está definido um prazo de 15 dias para a apresentação de novas listas candidatas, Vítor Duarte entende que o aparecimento de uma nova lista não se vai traduzir numa tarefa fácil.

Contudo, entende que a solução poderá passar “por aqueles que gostam da modalidade” que – como referiu – “se poderão perfilar para encabeçar uma lista”. “Não quero que o Sampaense Basket morra comigo”, sublinhou a este diário digital, considerando que “há gente capaz para continuar com o basquetebol”.

Apesar de anunciar a sua saída do Sampaense Basket, Vítor Duarte tem projectos para continuar ligado ao mundo do basquetebol. Reservado nas revelações, Duarte desvendou, contudo, que foi convidado para integrar uma lista candidata aos órgãos socais da Federação Portuguesa de Basquetebol.

LEIA TAMBÉM

Tavfer-Measindot-Mortágua estreia-se domingo na “Prova de Abertura Região de Aveiro”

A equipa de ciclismo Tavfer-Measindot-Mortágua estreia as novas cores no próximo domingo, data da Prova …

Rali de Portugal vai ter passagens pela Lousã, Góis, Arganil e Mortágua

O Rali de Portugal, que vai decorrer de 21 a 23 de Maio, regressa à …