Home - Sociedade - Detidos em flagrante delito por burla

Detidos em flagrante delito por burla

O Destacamento Territorial da GNR da Lousã deteve, na tarde do último domingo, três indivíduos por crime de burla.

De acordo com informação avançada por aquele destacamento, os indivíduos – dois homens de 37 e 17 anos e uma mulher de 27 anos – foram detidos no interior de um estabelecimento de restauração onde faziam uso de “cartões falsos/autorizações emanados pelo Hospital de S. João do Porto, cuja finalidade seria efetuar um peditório em prol de uma criança deficiente, hospitalizada naquela instituição de saúde”.

Chamada ao local por parte de populares que terão desconfiado da situação, a GNR procedeu à detenção dos indivíduos em flagrante delito por crime de burla. Os detidos foram presentes a Tribunal.

LEIA TAMBÉM

Sindicato exige soluções para problemas dos trabalhadores da Câmara de Tábua

O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) acusou hoje a Câmara de Tábua de …

União Europeia reforça frota de combate a incêndios

A Comissão Europeia anunciou esta hoje o reforço da frota europeia para combate aos incêndios …