Home - Região - Oliveira do Hospital - Dois médicos colocados em Oliveira do Hospital, garante o presidente da Câmara Municipal

Dois médicos colocados em Oliveira do Hospital, garante o presidente da Câmara Municipal

Dois médicos já foram colocados em Oliveira do Hospital por via de concurso público, devendo iniciar funções em breve, noticia a rádio Boa Nova, adiantando que a informação foi avançada pelo presidente da Câmara Municipal. José Carlos Alexandrino, explica aquela rádio, confirmou na quinta-feira, a colocação de uma médica de Aveiro, em situação de licença de maternidade até Maio, mas que já veio a Oliveira do Hospital com o objectivo de arrendar habitação, bem como a colocação de um segundo clínico, “paraplégico”, mas “muito bom médico”. Este último, porém, não irá fazer serviço de SAP nocturno.

O autarca, continua a rádio Boa Nova, acredita que o número será alargado, apontado para que a curto prazo estejam colocados em Oliveira do Hospital cinco a seis médicos, um dos quais de Ervedal da Beira. José Carlos Alexandrino lamentou ainda que, devido aos problemas de acessibilidades, um clínico de Viseu tenha optado por ficar na Guarda em detrimento de Oliveira do Hospital.

José Carlos Alexandrino, segundo aquele órgão de comunicação social, deve apresentar esta semana um “projecto” ao secretário de Estado da Saúde, com vista à descentralização das competências na área da saúde no âmbito de um projecto que, segundo o autarca, já terá recebido o “OK” da Administração Regional de Saúde do Centro. “Tenho convicção de que vamos fazer uma coisa a sério”, referiu José Carlos Alexandrino, citado pela rádio Boa Nova.

LEIA TAMBÉM

Cartaz do PS em rotunda de Oliveira do Hospital causa polémica e há quem o considere um perigo para o trânsito

Um “outdoor” enorme do candidato do PS à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital colocado …

“Há muitos que são obrigados a fazer limpezas e nem têm dinheiro para comer e no domínio público continua tudo maioritariamente abandonado”

Fernando Tavares Pereira considera que o poder central e as autarquias têm de tomar uma …