Home - Economia - Empresas de Oliveira do Hospital distinguidas com o estatuto PME Excelência. Empresários dizem que é resultado do esforço de anos.

Empresas de Oliveira do Hospital distinguidas com o estatuto PME Excelência. Empresários dizem que é resultado do esforço de anos.

Seis empresas do concelho de Oliveira do Hospital fazem parte do conjunto das 1845 pequenas e médias empresas que ontem foram distinguidas com o estatuto PME Excelência atribuído pelo IAPMEI – Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação. As empresas oliveirenses que conseguiram este galardão foram: Amol – Armazéns de Mercearia Oliveirense, Lda (proprietária dos IG Supermercados); ; CIP – Construção SA; Salsicharia Beira Serra Lda; Marserra Alimentar Lda; Queijos Lagos – Derivados, Lda e Serração Paletes de Madeira Henriques, Lda. A este grupo junta-se ainda a SEILIMP – Produtos de higiene e Limpeza que tem instalações em Oliveira do Hospital, embora a sede seja em Seia. Os empresários de Oliveira do Hospital dizem que este é o reconhecimento de todo o esforço que têm desenvolvido.

A cerimónia de entrega dos troféus que decorreu em Santa Maria da Feira contou, entre outros, com o vice-primeiro ministro, Paulo Portas, e o ministro da Economia, Pires de Lima, num ano em que o número de empresas distinguidas aumentou 67 por cento relativamente ao ano anterior. Paulo Portas defendeu  mesmo que este aumento de empresas distinguidas é um dos sinais de confiança na economia portuguesa para 2015. “Um país que tem cada vez mais PME Excelência é um país em que vale a pena acreditar e apostar. Temos cada vez mais PME Líder e PME Excelência, e esse é um sinal”, afirmou 0 vice-primeiro-ministro. “Em 2009 tínhamos 625 PME Excelência, em 2014 já tivemos 1845 e o caminho faz-se andando. Se o Estado aprender com as empresas o princípio muito simples de que perder tempo é perder dinheiro, contribuirá para um país economicamente mais saudável”, explicou.

O ministro da Economia, por seu lado, também elogiou o trabalho desenvolvido pelas PME Excelência, apontando-o como um contributo para a “verdadeira diferença”. “Quem vive nas empresas sabe que a diferença não é feita por nenhum político ou ministro, por muito que ele seja querido das empresas”, realçou Pires de Lima. “A verdadeira diferença é feita pelo trabalho, pelo engenho, pela ousadia e pela capacidade de risco, pela capacidade de inovação e pela capacidade de [as empresas] se focarem em agendas que procurem a criação de riqueza e emprego em primeiro lugar”, sublinhou.

Para os empresários esta distinção considerada importante. “Significa muito. É o reconhecimento de cerca de 23 anos de esforço e é um galardão que vem dar credibilidade à empresa”, conta Anabela Faria que, pelo segundo ano consecutivo, viu a empresa Marserra Alimentar, Lda, de Oliveira do Hospital, da qual é sócia gerente, receber o estatuto PME Excelência. “Para conseguirmos isto, a nossa empresa em 23 anos de existência nunca teve um rácio negativo a nível bancário e demonstra que é uma empresa cumpridora, o que oferece algumas vantagens”, nota em declarações ao CBS.

Anabela Faria, que já tinha visto a sua empresa reconhecida com o selo PME Líder, considera ainda que na actual conjuntura conseguir esta distinção não é fácil, em grande parte devido aos inúmeros impostos que sobrecarregam as Pequenas e Médias Empresas. “Infelizmente nem todas as empresas tem o mesmo rigor e muitas vezes uma má empresa pode vir a destruir outras que estão estáveis. Se todos fossem cumpridores seria muito mais fácil para toda a economia. Mas esta distinção é reconfortante”, frisa, numa altura em que a Marserra Alimentar, Lda se prepara para comemorar 23 anos de existência no próximo dia 25 de Março.

“É um reconhecimento do trabalho feito. É de louvar que numa região que tem tantas desigualdades perante o litoral, hajam empresas da região a ser galardoadas”, conta, por seu lado, Luís Lagos, da Queijos Lagos – Derivados, Lda. “Oliveira do Hospital é uma região onde predomina o empreendedorismo, no ano passado foram galardoadas três empresas, este ano duplicou o número, creio que a tendência é para aumentar”, frisa o empresário que já viu a sua empresa ganhar o prémio de PME de excelência pela terceira vez.

A iniciativa distinguiu empresas de Norte a Sul do país com um selo de reputação criado pelo IAPMEI para discriminar positivamente as empresas que anualmente apresentam os melhores desempenhos económico-financeiros, criando condições de visibilidade acrescida a um segmento empresarial com contributos activos para a economia e o emprego nacionais. Em conjunto as empresas são responsáveis por mais de 69 mil empregos, e estão sobretudo concentradas nos distritos do Porto (19%), Lisboa (17%), Aveiro (13%), Braga (12%) e Leiria (9%).

O universo das PME Excelência 2014 cresceu mais de 67% relativamente aos estatutos atribuídos no ano anterior e isto não significa que tenha sido reduzido o grau de qualidade exigido. “Os números não reflectem menor exigência na atribuição do galardão, porque os requisitos base da distinção foram mantidos face à edição anterior, mas o que se verificou foi que muitas empresas apresentaram subidas médias muito substanciais nos seus indicadores económico-financeiros, melhorando os seus resultados em praticamente todos os indicadores”, justificam os responsáveis pela organização, adiantando que “mais de 64% das empresas tem a sua actividade ligada à indústria e comércio, sendo a seguir o turismo e os serviços, com cerca de 12% cada um, os outros sectores mais representados no conjunto da amostra das PME Excelência 2014”.

O Estatuto PME Excelência é atribuído anualmente pelo IAPMEI, numa parceria com o Turismo de Portugal e os principais bancos a operar em Portugal, Banco BPI, Banco Popular, Barclays, Caixa Geral de Depósitos, Crédito Agrícola, Millenniumbcp, Montepio, Novo Banco e Santander Totta, e insere-se num programa de qualificação de empresas lançado pelo IAPMEI, com o objectivo de dar notoriedade e optimizar condições de financiamento e de reforço competitivo ao segmento das PME Líder, empresas com perfis de risco superiores, que constituem pelas suas características importantes alavancas de desenvolvimento para a economia e o emprego do país. A selecção das PME Excelência é feita anualmente a partir do universo das PME Líder, criando um instrumento de visibilidade acrescida para o grupo de empresas que em cada ano se destacam pelos melhores resultados.

LEIA TAMBÉM

Bombeiros desconfiam de fogo posto em Oliveira do Hospital

Camping de Meruge em risco e população de Casal de Travancinha (Seia) vê as chamas à porta e recorda catástrofe de 2017

O parque de campismo Toca da Raposa, em Meruge, no concelho de Oliveira do Hospital, …

Incêndio em Meruge combatido por 210 operacionais e seis meios aéreos

Um incêndio está a lavrar em Meruge, concelho de Oliveira do Hospital. O fogo, para …