Home - Região - Oliveira do Hospital - Envenenamento mata cães em série em Seixo da Beira

Envenenamento mata cães em série em Seixo da Beira

Uma série de mortes de cães e gatos por envenenamento na freguesia de Seixo da Beira, Oliveira do Hospital, está a indignar a população que acredita que terá sido uma acção premeditada por alguém que terá colocado produto no espaço compreendido entre o Largo de S. Sebastião (Centro Social) e as Escolas (Jardim de Infância e 1º ciclo). Já foram contabilizados oito cães e dois gatos mortos, incluindo uma cadelinha denominada por Estrelinha que era a mascote da população e particularmente apreciada pelas crianças. Mas há ainda animais desaparecidos, cujos donos começam agora a dar pela sua falta e que podem ou não vir a aumentar as estatísticas. O caso está a ser investigado pelas autoridades.

“A primeira morte ocorreu na terça-feira, por volta do meio-dia. Pensamos que fosse um caso isolado. Mas posteriormente começou-se a verificar a morte de vários animais com os mesmos sintomas. A alertei os serviços municipais e participei de imediato às autoridades que estão a investigar”, contou ao CBS o presidente da Junta de Freguesia de Seixo da Beira, Carlos Baptista, visivelmente preocupado e angustiado com a situação.

12642640_1080088222053928_4751875211307664311_nO autarca apela mesmo para que exista algum cuidado na zona, em particular por parte das crianças. “Não sabemos que tipo de veneno foi utilizado, mas é algo forte. É um crime hediondo. Foram apenas vitimas cães e gatos, mas não sabemos que consequência poderá ter a nível da água, por exemplo”, frisa o autarca que aguarda ansiosamente por um veredicto das autoridades.

“Espero que os responsáveis sejam identificados e castigados. Para que sirvam de exemplo. Já que mais não seja pela vergonha pública que terão de enfrentar”, frisou Carlos Baptista. Na internet, a população está a postar uma foto da Estrelinha, “cadela vadia, pertença de todos” como homenagem aos animais que morreram.

A Guarda Nacional Republicana esteve ontem á tarde no local, efectuou buscas mas não encontrou nada de relevante que pudesse identificar a causa deste incidente. Os serviços municipais foram accionados e os dez animais mortos recolhidos. Só uma posterior análise permitirá chegar à conclusão do veneno letal que terá sido utilizado. As forças policiais continuam a investigar o caso.

LEIA TAMBÉM

Viajar no tempo – O nosso ecossistema. Autor: Fernando Tavares Pereira

  https://www.correiodabeiraserra.com/file/2020/07/video-1593977433.mp4 Hoje visitei as margens do Mondego, onde realizei um piquenique. Não é fácil …

Colisão frontal em Oliveira do Hospital causa dois feridos graves e dois ligeiros

Uma colisão frontal entre duas viaturas causou, cerca das 12h45, dois feridos ligeiros e dois …