Home - Outros Destaques - Escolas de condução pedem ajuda a Fernando Tavares Pereira para resolver problemas de funcionamento do Centro de Exames de Tábua

Escolas de condução pedem ajuda a Fernando Tavares Pereira para resolver problemas de funcionamento do Centro de Exames de Tábua

A Associação de Empresas Exploradoras de Escolas de Condução (AEEEC) enviou uma carta ao candidato à Câmara Municipal de Tábua pela Coligação PSD/CDS, Fernando Tavares Pereira, onde expõe as deficiências existentes no modo de funcionamento do Centro de Exames de Condução Privado de Tábua. A Associação explica que o Centro, gerido pela Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Tábua, não responde de forma atempada e eficaz às solicitações de marcação de exames e que, por via dessas dificuldades, as escolas de condução não funcionam em pleno e as necessidades dos candidatos a novos condutores são fortemente prejudicadas.  O candidato, que foi um dos responsáveis pela instalação do centro de exames em Tábua, prometeu ajudar em tudo o que esteja ao seu alcance para elevar o funcionamento daquela estrutura para patamares de excelência.

Fernando Tavares Pereira, de resto, não escondeu a sua preocupação por este estado de coisas que, no seu entender, “coloca em perigo um sector importante do tecido empresarial da região e a economia do concelho”, uma vez que aquela estrutura atrai gente de várias zonas do país. “Não se pode deitar a perder em dias, aquilo que levou quase uma vida a construir”, referiu em declarações ao CBS.

“Não se pode deitar a perder em dias, aquilo que levou quase uma vida a construir”

Sublinhando que a Câmara Municipal não se deve intrometer no funcionamento do centro de exames, este candidato considera, contudo, que a autarquia pode fazer com que as coisas funcionem melhor ou pior.  “Não deve interferir directamente, mas tem o dever de oferecer os meios necessários, dentro das suas competências, para que o centro tenha um serviço competente. Não pode ter, por exemplo, estradas cheias de buracos. E, em termos de gestão, tem de se assegurar que o comandante dos Bombeiros não está dependente de ninguém”, sublinha.

O empresário e candidato eleitoral manifestou mesmo a sua indignação, lamentando “que os responsáveis pelos Bombeiros Voluntários tenham deixado chegar a esta situação”. Lembra ainda que é inaceitável que numa altura “em que as empresas ainda estão a ser fustigadas pela pandemia, quererem trabalhar e não lhes ser permitido fazê-lo por não se aceitar a marcação de exames”. Fernando Tavares Pereira recorda mesmo que já há algumas escolas de condução “a abandonar os exames em Tábua”. “Não pode acontecer”.

“Perante a gravidade da situação, há que repensar a disponibilidade de cada um e a forma de organizar e gerir uma entidade com a importância do Centro de Exames de Condução de Tábua…mesmo para a economia local”.

O empresário frisa que a situação relatada não se pode manter. “É impensável que o Centro de Exames, que tanto trabalho deu a trazer para Tábua, projecto em que eu me empenhei de corpo e alma enquanto fundador, esteja agora em risco de sobrevivência e a colocar também em perigo as escolas de condução e as necessidades dos cidadãos. Não podemos deixar que as pessoas esperem eternamente pela realização dos exames, nem podemos permitir que os exames se deixem de fazer nos Centros de Exames pertencentes à Associação de Bombeiros, podendo colocar em causa a sua sobrevivência. Tudo isto por má gestão o que profundamente se lamenta”, conclui.

O candidato da Coligação “Coragem para Mudar” informou ainda a AEEEC que irá fazer os possíveis para ajudar em tudo o que esteja ao seu alcance para que, no mais curto espaço de tempo, as escolas de condução voltem a exercer a sua actividade com a regularidade. “Intervirei para que os Centros de Exames de Condução em causa executem os exames em tempo útil, para que assim os empresários desta área possam, como outros, voltar à normalidade de trabalho sem esperas e sem demoras. E para que todos possam fazer os exames de condução nestes centros sem necessidade de se deslocarem para outros locais, para que as escolas assim como todos os comerciantes do nosso concelho possam trabalhar”, conta.

O empresário enfatiza ainda que os Centros de Exames da Associação de Bombeiros de Tábua são uma mais-valia para a economia do concelho, assim como para as outras localidades onde estão instalados. É necessário salvaguardar os postos de trabalho e o desenvolvimento local”, finalizou Fernando Tavares Pereira, sublinhando que “perante a gravidade da situação, há que repensar a disponibilidade de cada um e a forma de organizar e gerir uma entidade com a importância do Centro de Exames de Condução de Tábua”.

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital com quatro novos casos de COVID-19

O Município de Oliveira do Hospital registou nos dois últimos dias quatro novos casos de …

Fernando Tavares Pereira denuncia risco de desaparecimento do Centro de Exames de Tábua depois de receber pedido de ajuda

O Candidato à Câmara Municipal de Tábua, Fernando Tavares Pereira, denunciou ontem, que o  Centro …