Home - Sociedade - Esquentador provocou fogo em habitação de Nogueira do Cravo

Problemas na exaustão de um esquentador terão estado na origem do fogo que sábado à noite consumiu parte do sótão de uma habitação, em Nogueira do Cravo.

Esquentador provocou fogo em habitação de Nogueira do Cravo

Mãe e filha encontravam-se no primeiro andar e rés do chão da casa quando, cerca das 21h10, se terão apercebido das chamas que eclodiram no sótão.

De acordo com informação avançada ao correiodabeiraserra.com pelo comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital o fogo terá sido provocado por um esquentador situado na escada de acesso ao último piso da habitação com tubo de exaustão direcionado para uma divisão do sótão com estrutura em madeira.

Devido a mau funcionamento do aparelho, o fogo teve início naquele local onde se se encontrava muito material de combustão fácil, como roupas, malas, livros e outros pertences ali armazenados.

O fogo causou estragos em apenas uma parte do sótão, chegando a provocar desabamento parcial do telhado. Não houve danos físicos a registar, nem necessidade de realojamento dos habitantes, visto que o primeiro piso e rés do chão (pisos habitáveis) não foram afetados pelo incêndio.

No combate ao fogo para o qual também foi determinante o empenho da vizinhança, a corporação de Bombeiros de Oliveira do Hospital esteve presente com 30 homens e oito viaturas, dando o incêndio como resolvido pelas 23h35.

De acordo com o comandante da corporação oliveirense o tipo de incêndio verificado no último sábado não tem sido recorrente no concelho. No entanto, Emídio Camacho alerta a população para a necessidade da regular verificação  do estado dos esquentadores, cuja exaustão deve estar direcionada para o exterior das habitações.

 

LEIA TAMBÉM

GNR deteve traficante de estupefacientes no concelho de Oliveira do Hospital

A GNR deteve ontem um homem de 32 anos por tráfico de estupefacientes e posse …

O Tabuense e Maavim entregam primeiras ajudas à Santa Casa da Misericórdia de Tábua

O jornal “O Tabuense” e o Movimento Associativo Apoio Vítimas Incêndio Midões (Maavim) deram hoje …