Home - Outros Destaques - Ex-candidato do PS perde mandato na AF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira por faltas injustificadas

Ex-candidato do PS perde mandato na AF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira por faltas injustificadas

O candidato do Partido Socialista derrotado nas últimas autárquicas na corrida à União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira, concelho de Oliveira do Hospital, perdeu o mandato na Asssembleia de Freguesia daquela autarquia por acumular faltas injustificadas. Fernando Sousa, que acabou ser derrotado pelo social democrata Bruno Amado, terá faltado a três sessões consecutivas e seis interpoladas daquele órgão sem dar qualquer explicação. Em setembro atinguiu o limite e perante a lei perdeu o mandato.

A atitude do ex-autarca foi considerada “desilegante” mesmo pelos actuais líderes daquela Junta de Feguesia que consideram que Fernando Sousa terá mostrado alguma falta de respeito para com o presidente daquele órgão, Diogo Fontinha, para com os colegas e para com os eleitores que o elegeram. “Sobretudo para aqueles que votaram nele. Não me parece uma atitude muito respeitosa”, explica Diogo Fontinha, frisando que quem se candidata a cargos políticos deve estar preparado para cumprir aquele que lhe for atribuido pelos eleitores. “Será que só aceitava ser presidente de Junta? E aqueles que confiaram nele para os representar na autarquia? Não me parece uma atitude muito correcta”, frisa.

O CBS tentou contactar Fernando Sousa o que não se revelou possível até ao momento.

A União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira, recorde-se, foi uma das poucas que o PSD recuperou nas últimas autárquicas, com a lista de Bruno Amado a derrotar por largos números e de forma surpreendente os socialistas. O processo foi polémico, acabando mesmo por ser discutido nos tribunais que reconheceram razão a Bruno Amado. Já para a Câmara Municipal, o PS venceu.

LEIA TAMBÉM

Aqua Village Health Resort & Spa é o melhor Resort Spa do Mundo

O Aqua Village Health Resort & Spa, situado no concelho de Oliveira do Hospital, arrecadou …

“José Carlos Alexandrino é que devia pedir perdão aos oliveirenses por aquilo que não fez ao longo de 12 anos”

O Partido Comunista de Oliveira do Hospital considera que o ministro das Infra-estruturas e da …