Home - Destaques - Família em Ervedal da Beira vive paredes meias com habitação em ruínas, coberta de silvas, fértil em bicharada e desespera por uma resolução do município

Família em Ervedal da Beira vive paredes meias com habitação em ruínas, coberta de silvas, fértil em bicharada e desespera por uma resolução do município

Em 2003, Fernando Cunha apostou na edificação de uma casa na sua terra Ervedal da Beira, concelho de Oliveira do Hospital. Uma vivenda onde pensava ter sossego, construída paredes meias com o seu terreno existia, e existe, uma habitação devoluta. Cunha quis comprar. Os proprietários não venderam. Mesmo assim avançou com a construção no terreno que possuía. O que poderia e deveria ser uma habitação tranquila, porém, transformou-se num pesadelo. A habitação com quem convive paredes meias continuou a desagradar-se, cobriu-se de silvas, parte desmoronou-se estando agora em ruínas. A residência de Cunha passou a ter como visita frequente roedores e outra bicharada indesejável. O caso arrasta-se há mais de oito anos, numa via bem dentro da vila, na rua Manuel da Silva Alexandrino, perto da conhecida “Casa Grande” local onde habita o ex-presidente da Câmara António Simões Saraiva.

Cunha tentou junto da autarquia que lhe resolvessem o problema. A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, contudo, deixou de dar resposta desde que Mário Alves (que se preparava para resolver o problema em tribunal perdeu a autarquia). “O processo parou aí, agora por mais que fale ninguém faz nada”, conta Fernando Cunha que vai recorrendo a um conjunto de felinos para dizimarem as visitas inconvenientes.

A União de Juntas de Freguesia de Ervedal e Vila Franca da Beira também não tem dado qualquer apoio para ajudar numa solução. “O presidente Carlos Maia, que tanto criticava o anterior autarca João Dinis por causa de uma lixeira (situada atrás do cemitério de Vila Franca), não se digna a fazer um ofício a reforçar o pedido à Câmara para resolver este problema de um monte de escombros dentro da vila. É incompreensível”, conta Fernando Cunha. O CBS tentou ouvir o autarca socialista, mas tal não se revelou possível.

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, por seu lado, contactada pelo CSB limitou-se a responder de forma resumida às várias perguntas que lhe foram colocadas. Refere que já notificou por diversas vezes os proprietários do imóvel que residem no Brasil. Também que já deu instruções aos serviços jurídicos municipais no sentido de se encontrar uma solução legal. Mas não refere prazos ou qualquer tipo de intervenção.

imagem 2 (Small)Ao que o CBS apurou, nestas circunstâncias, a autarquia poderia, com a devida autorização administrativa, proceder às obras de limpeza e apresentar a factura aos proprietários. Uma fonte explica que a autarquia não pode limitar-se a dar este tipo de justificações. “Pode estar em causa a saúde pública. A Câmara não se pode ficar por estas respostas. O problema existe e tem de ser resolvido. Se não, onde está a autoridade?”, questiona esta fonte.

“A verdade é que ninguém parece ter interesse em resolver o problema e já estou de tal forma desesperado que vou ter de me habituar a conviver com isto para vergonha de quem governa a Freguesia”, conta Cunha. “Cá tenho de viver com isto”, lamenta, não poupando críticas aos fiscais municipais por não levantarem um auto sobre aquela situação. Fernando Cunha adianta que os próprios bombeiros reconhecem que a situação é problemática e que a GNR nada pode fazer por se tratar de zona urbana. “Caso contrário, garantiram-me que há muito que isto estava limpo”, frisou.

Os populares em Ervedal acreditam que foi naquela habitação, agora em destroços, que nasceu o actual presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e que poderia ser também um dos vários proprietários. A autarquia, embora não faça qualquer referencia se foi lá ou não que viveu a sua infância José Carlos Alexandrino, nega que o autarca tenha algo a ver com a propriedade do imóvel.

LEIA TAMBÉM

José Francisco Rolo sucede a José Carlos Alexandrino e PSD/CDS-PP aumenta vereadores

O candidato do PS José Francisco Rolo venceu a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital …

“José Carlos Alexandrino está na lista negra da Caixa Agrícola”

O candidato da coligação do PSD/CDS-PP disse hoje que o ainda presidente da Câmara Municipal …