Home - Últimas - GNR de Tábua deteve ex-militar israelita que forçou entrada no mercado municipal sem máscara

GNR de Tábua deteve ex-militar israelita que forçou entrada no mercado municipal sem máscara

Um alegado antigo militar israelita foi hoje detido pela GNR depois de forçar a entrada no Mercado Municipal de Tábua sem máscara, liderando um grupo de cerca de uma dúzia de elementos, maioritariamente de estrangeiros que contestava o uso da mesma. Gil, de seu nome, que diz residir há aproximadamente dois anos no concelho de Oliveira do Hospital, justificou a atitude como um direito constitucional enquanto cidadão.

O caso foi inusitado. Depois de “interceptado” pela GNR, mas sem ter sido detido, foi ele próprio quem se dirigiu ao posto da GNR local dizendo que queria ser preso e levado a julgamento. “Sou antigo militar e melhor que ninguém sei respeitar as leis, mas não permito que me imponham comportamentos vão contra a minha consciência”, justificou, enquanto populares e comerciantes mostravam o seu desagrado pela comportamento do grupo de “negacionistas”. O jornal “O Tabuense” promete mais desenvolvimentos no próximo sábado sobre este caso.

LEIA TAMBÉM

Agricultores enviam para Gouveia dez toneladas de alimentos para animais

Os agricultores do Ribatejo e Alentejo enviaram hoje um camião TIR com 10 toneladas de …

Protecção Civil admite mão criminosa no reacendimento do incêndio da Serra da Estrela com três ignições em simultâneo

A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil revelou que ainda não se sabe se …