Home - Últimas - GNR e CM de Nelas assinaram protocolo para implementação de projecto de teleassistência em tempo real a pessoas vulneráveis 

GNR e CM de Nelas assinaram protocolo para implementação de projecto de teleassistência em tempo real a pessoas vulneráveis 

A GNR e a Câmara Municipal de Nelas assinaram hoje um protocolo de colaboração para implementarem o projecto de teleassistência a pessoas vulneráveis no concelho de Nelas (EGUARD) que tem por objectivo criar um “canal de comunicação directo e expedito com os idosos isolados e vulneráveis” daquele concelho. Para funcionar, o sistema utiliza um dispositivo que será adquirido pelo Município à Agência de Desenvolvimento para a Sociedade da Informação e do Conhecimento (ADSI), que monitorizará o dia a dia do beneficiário, através de um portal (plataforma) que se encontrará acessível na Sala de Situação do Comando Territorial da GNR.

O projecto ‘eGuard’ consiste num serviço de teleassistência, para os cidadãos mais vulneráveis, quer seja por situações de dependência quer seja por situações de isolamento e sem apoio familiar. Na área de intervenção social, o Município de Nelas refere ter assumido um papel interventivo no apoio a projectos que constituam uma ajuda inestimável na promoção do bem-estar e da qualidade de vida de grupos da população mais carenciados, designadamente por via da celebração de protocolos de cooperação com entidades que se afirmam como parceiras determinantes na concretização das atribuições autárquicas.

E o presidente da Câmara, Joaquim Amaral, reforçou total continuidade na colaboração institucional entre a autarquia e as forças de segurança, para assegurar uma maior protecção de todos os munícipes e intervenção atempada em situações de perigo junto das crianças e jovens, como no caso específico da Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Nelas e do Programa “Escola Segura”, bem como no combate ao isolamento dos idosos.

O Coronel Vítor Assunção referiu ser necessário desenvolver ambientes que permitam a autonomia das pessoas em situação de dependência, como a implementação de serviços de apoio e segurança, de que é exemplo a teleassistência, invertendo a institucionalização dos nossos idosos (colocação em ERPI´S).

“Este Projecto eleva a autarquia no âmbito da melhoria das condições de vida dos seus munícipes, contribuindo para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos na Agenda 2030 das Nações Unidas”, refere a autarquia.

LEIA TAMBÉM

Ponte suspensa em Piodão está a ser substituída e autarquia revela obras de beneficiação na zona balnear de Foz d’Égua

O Município de Arganil iniciou os trabalhos de substituição da ponte suspensa pedonal de Foz …

Parque de saúde do concelho de Penacova vai receber investimento de 1,5 milhões de euros

O presidente da câmara de Penacova assinou contratos de financiamento relativos à reabilitação das extensões …