Home - Últimas - Gouveia sucede a Seia e passa a receber os doentes sem sintomatologia grave de Seia e Fornos de Algodres

Gouveia sucede a Seia e passa a receber os doentes sem sintomatologia grave de Seia e Fornos de Algodres

Os doentes suspeitos da COVID – 19 dos concelhos de Gouveia, Seia e Fornos de Algodres, sem sintomatologia grave, passarão a ser avaliados no âmbito da ADC – Comunidade de Gouveia que sucederá à ADC – Comunidade Seia. A ADC – Comunidade Gouveia irá funcionar nas instalações atualmente destinadas ao SAP (Rua Dr. Mário Gomes Figueira – 6290 – 370 Gouveia), ficando o SAP a funcionar no espaço de ambulatório (bloco cinzento).

A ULS da Guarda justificou esta decisão por considerar que o Hospital Nossa Senhora da Assunção, de Seia já tem um Serviço de Urgência Básica (a funcionar 24 horas), com circuitos diferenciados para os doentes suspeitos para COVID – 19 e também para separar no atendimento dos doentes urgentes com sintomatologia grave, dos demais suspeitos para Covid – 19. Além disso, a ULS entende que o Centro de Saúde de Gouveia reúne condições, em termos de instalações, para operacionalizar a necessária diferenciação de circuitos de doentes que a ULS considera “primordial” para assegurar condições de segurança para utentes e profissionais.

A partir de amanhã também vão existir alterações no horário de funcionamento das ACD – Comunidade Guarda, Gouveia, Trancoso e Pinhel. As quatro ADC – Comunidade irão passar a funcionar das 9h00 às 13h00 e das 14h00 19h00, todos os dias da semana.

 

LEIA TAMBÉM

Casos de COVID-19 explodiram em Tábua: 251 novos casos em oito dias

O concelho de Tábua registou 251 casos de COVID-19 nos últimos oito dias e o …

Foi adjudicada, por 7,8 milhões, a requalificação do pavilhão 5 do Hospital da Guarda e ULS avança nos tratamentos oftalmológicos

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anunciou hoje que foi adjudicada a empreitada …