Home - Economia - Guarda lidera em irregularidades nos lagares de produção de azeite

Guarda lidera em irregularidades nos lagares de produção de azeite

A GNR, através do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente, registou 67 contra-ordenações e identificou 47 suspeitos em acções de fiscalização em lagares de produção de azeite, com o Distrito da Guarda a liderar com 16 contra-ordenações e 12 suspeitos identificados. Coimbra, o distrito de Oliveira do Hospital, teve quatro contra-ordenações e foram identificados quatro suspeitos. As acções de fiscalização decorreram em instalações de produção de azeite entre 9 de Novembro último e 31 de Janeiro, informou hoje a GNR.

A acção, denominada Operação “Lagareiro”, permitiu detectar situações de incumprimento no funcionamento, licenciamento, encaminhando e gestão de resíduos na produção de azeite. Segundo a GNR, as principais infracções verificadas prendem-se com “rejeição de águas degradadas directamente para o sistema de disposição de águas residuais, para a água ou para o solo, sem mecanismos que assegurem a sua depuração”, “falta de comprovativo de cumprimento dos valores limites de emissão” e “falta de controlo metrológico (balanças) “. A GNR indica que foi ainda registado um crime em Leiria, por contaminação de nascente fluvial com águas ruças provenientes de lagar, tendo sido identificado o responsável.

A seguir ao distrito da Guarda surge Viseu, com nove contra-ordenações e sete suspeitos, é o segundo distrito com mais infracções. Évora (com oito contra-ordenações e quatro suspeitos identificados) e Beja (sete contra-ordenações e quatro suspeitos), Portalegre (sete contra-ordenações e dois suspeitos), Castelo Branco, Bragança, Coimbra, Leiria, Santarém e Vila Real foram outros distritos onde a GNR encontrou irregularidades.

 

LEIA TAMBÉM

Homem de 83 anos encontrado morto dentro de um poço em Nelas

Um homem de 83 anos foi hoje encontrado morto dentro de um poço, numa localidade …

IP3

Sonho da duplicação do IP3 continua a ser alimentado por consulta publica que decorre até Julho

O Estudo de Impacte Ambiental da duplicação e requalificação do IP3 entre o nó de …