Home - Últimas - Homem detido na Guarda por posse de armas e de munições proibidas

Homem detido na Guarda por posse de armas e de munições proibidas

Um homem de 60 anos foi detido pela Guarda Nacional Republicana (GNR), no concelho da Guarda, hoje, por posse de munições proibidas e por posse ilegal de armas. A GNR explica que, no âmbito de uma investigação que decorria há um mês, os militares deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária e apuraram que o suspeito tinha em sua posse munições proibidas, bem como armas sem registo ou qualquer tipo de documentação.

Durante as diligências, foram apreendidas uma caçadeira de calibre 12, uma carabina de calibre 9 mm, uma arma de ar comprimido, nove cartuchos de chumbo de calibre 12, nove cartuchos de projétil único (bala), dois cartuchos com zagalote, dois cartuchos de calibre 9 mm e uma munição de calibre 5.56 mm. O detido foi constituído arguido e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Pinhel.

A autoridade recorda ainda que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, “são proibidos a venda, a aquisição, a cedência, a detenção, o uso e o porte de armas, acessórios e munições da classe A, nos quais se incluem os cartuchos carregados com zagalotes e com cartucho de projétil único, exceto se integrados na atividade de colecionador ou de armeiro, exclusivamente para exportação e transferência”. Para além disso, quem tiver uma arma “não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma”.

LEIA TAMBÉM

Pulseira electrónica para suspeito de violência doméstica contra mulher em Figueira de Castelo Rodrigo

Um homem de 68 anos ficou sujeito a pulseira electrónica, depois de ser detido por …

Candidatos a Deputados do PS por Coimbra visitaram concelhos de Cantanhede, Góis e Figueira

Os candidatos do PS visitaram ontem o Hospital Rovisco Pais na Tocha, concelho de Cantanhede, …