Home - Últimas - Indianos desligaram a luz e aproveitaram o número nove para mostrar solidariedade contra o coronavírus.

Indianos desligaram a luz e aproveitaram o número nove para mostrar solidariedade contra o coronavírus.

O primeiro-ministro da Índia lançou o apelo e, hoje, às 21h00 e durante nove minutos, os indianos apagaram as luzes e acenderam velas mostrar a força colectiva contra o coronavírus. O número não foi escolhido ao acaso. No hinduísmo, o número nove está relacionado com o planeta Marte e o seu espírito combativo e de liderança face a momentos adversos. De tal maneira que na Índia a numerologia pode decidir a data de um casamento ou da abertura de um negócio.

“Experimentemos o superpoder da luz, iluminando claramente o objetivo comum pelo qual todos lutamos. Nessa luz, nesse brilho, nesse esplendor, vejamos que não estamos sós, ninguém está só, 1,3 milhões de indianos estão empenhados num objetivo comum”, tinha pedido Narendra Modi, na sexta-feira.

Quando o relógio bateu as 21h00 (16h30 em Lisboa), milhões de indianos apagaram as luzes de suas casas e assomaram a janelas, varandas, terraços e portas para mostrarem a sua “força coletiva”, empunhando velas ou as tradicionais lâmpadas de azeite (“diyas”) usadas nos rituais hindus para mostrar ao deus Rama o caminho de regresso a casa, depois de derrotar o diabo. Segundo relata a agência espanhola Efe, também se ouviram cânticos religiosos, campainhas e fogos de artifício, culminando com um grande aplauso coletivo às 2h:09.

A Índia, um dos países mais sobrepovoados do mundo, regista, até ao momento, números relativamente baixos de coronavírus – 83 mortos e 3.219 infeções –, mas, ainda assim, decretou o confinamento obrigatório até 14 de Abril.

LEIA TAMBÉM

Militar ferido em colisão entre duas motas da GNR na A25 na Guarda

Duas motas da GNR da Guarda colidiram esta terça-feira de manhã na estrada A25 sentido …

Semana europeia da mobilidade assinalada com ciclismo nas escolas de Seia

O Município de Seia, a propósito da Semana Europeia da Mobilidade, e operacionalizada pela Associação …