Home - Opinião - Itinerário Complementar nº 6 – o IC 6.  Atenção que a propaganda vai continuar!… João Dinis

Itinerário Complementar nº 6 – o IC 6.  Atenção que a propaganda vai continuar!… João Dinis

Ora aí está uma Obra com interesse para o nosso Concelho e para a Região.  Esta é base para gerar entendimentos capazes de fazer convergir vontades e recursos para que – FINALMENTE! – o IC 6 avance por dentro do município de Oliveira do Hospital e prossiga até Seia (pelo menos).

Por isso, de nossa parte achamos que é necessário continuar a luta, mas com seriedade…

Convenhamos que até já parece muito mal termos esta via estruturante parada – abandonada – dentro de um terreno situado ainda no concelho de Tábua, e desde o primeiro lustro deste século.

E passaram governos do PS e do PSD e CDS/PP …e passaram promessas e mais promessas … e passaram ameaças e mais ameaças… De PSD – lembram-se daquela “marcha lenta” em luta pelo IC 6 que, há já uns anitos, foi anunciada pelo PSD de Oliveira do Hospital? E do actual Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital que, a dada altura, disse que sem o         IC 6 a avançar não se candidataria pelo PS?   E lembram-se do PS de Oliveira do Hospital “jurar” que acompanharia o Presidente da Câmara na luta?  Lembram-se também de um conhecido Secretário de Estado do PS, mais ou menos Oliveirense, que por sua vez “jurou” (2007/08) que o IC 6 até já estava em concurso?  Enfim, toda uma série de “juras” em falso, uma série de “entradas de leão e saídas de sendeiro”… Entretanto, quanto ao IC 6, mais nada…

Entaladas entre a propaganda fácil e a falta de cumprimento de compromissos por parte de sucessivos governos, governantes e autarcas (PS e PSD e também do CDS/PP), as Populações perdem confiança nas Instituições e na própria Democracia.  Assim, tornam-se alvo privilegiado e deixam-se atrair por certas forças político-partidárias e agentes neo-fascistas que aproveitam o descontentamento do Pessoal para tentarem avançar nos seus projectos de destruição da Constituição da República e da Democracia.   Sim, PS, PSD e CDS/PP, os promotores de tão más políticas e comportamentos anti-democráticos, têm sido os “apoios” político-partidários – práticos – dessas forças e agentes neo-fascistas.

Após 4 de Maio, PS e actual Presidente da Câmara Municipal vão tentar relançar a “sua” propaganda sobre o avanço do IC 6 para “lavar a cara” aos seus candidatos autárquicos…

Este mote foi anunciado, já hoje, pelo actual Presidente (PS) da Câmara Municipal, nas “Comemorações do 25 de Abril”, no Salão Nobre dos Paços do Município em Oliveira do Hospital.

Disse ele que a 4 de Maio vai ter uma reunião com o Ministro (PS) das Infraestruturas onde também vai retomar o assunto da construção do IC 6…   Enfim, presume-se que tenha essa reunião enquanto Presidente da CIM Região de Coimbra pelo que o impacto do IC 6 numa reunião desse âmbito mais amplo fica logo fragilizada pois haverá mais obras a discutir…

Dirão a seguir, e embora eu não seja nem queira ser assessor do Presidente da Câmara ou do Ministro das Infra-estruturas, antevejo declarações do tipo:

– “O Governo (PS) assume a construção do IC 6 bem como a recuperação do I P 3”.

Veja-se que estas são das obras na Região de Coimbra agora “desaparecidas”, por opção política do Governo PS, da proposta a Bruxelas no âmbito do tal “Plano de Recuperação e Resiliência, PRR”, vulgo “Bazuca”.

E prosseguirão:

– “Mas o Governo assume-as como obras importantes de vias estruturantes.  Lamentamos que Bruxelas as tenha contrariado, aliás, numa posição em que Governos do PSD e do CDS/PP têm grandes culpas”.

E ainda:

– “O Governo (PS) vai assumir compromissos recentemente assumidos como o do “estudo de impacto ambiental” (outra vez…) e a elaboração “do projecto da intervenção” a fazer no IC 6.   Vai, ainda, analisar todas as hipóteses de colocar a Obra do IC 6 noutros ´planos´ incluindo naqueles em que seja possível utilizar outros ´fundos comunitários´ que não os do ´Plano de Recuperação e Resiliência, PRR”.

O Presidente da Câmara cantará vitória – “Vamos ter o IC 6 até 2026! – voltará ele a prometer e, se não for feito  – sai mais uma “jura” daquelas já furadas de outras vezes… — prometo que me não voltarei a candidatar”…

E, com estas estórias, cujo enredo já conhecemos, tentam agora “lavar a cara” aos candidatos do PS às próximas Eleições Autárquicas que ficaram em posição muito atacável pelos adversários político-partidários…

***

Para aliviar um pouco o tom deste meu escrito, sempre diremos:

– Afinal a “Bazuca” – o tal “Plano de Recuperação e Resiliência, PRR” – apresentado pelo Governo (PS) a Bruxelas, afinal para Oliveira do Hospital nem uma “pressão de ar” chega a ser…  Afinal, a culpa já vem do Afonso Henriques que, no tratado de Zamora, não soube prever esta “bazucada” nos próprios pés da Região e do País…

– Sim, um dia, vamos ter o IC 6 a avançar e a ser concluído, mas não apostamos numa data para isso…  Um dia, quem viver vai testemunhar, vê-lo-emos sair daquele pinhal…

— Sim, o actual Presidente da Câmara poderá mesmo voltar a ameaçar:- “Sem o IC 6 a avançar, não voltarei a candidatar-me !”…  Mas que desta vez cumpra a ameaça e deixe de se candidatar – ou de se autonomear – como Presidente do Conselho de Administração da APdSE – da “Águas Públicas da Serra da Estrela, S.A”, esta a nova empresa de capitais públicos mas de direito privado, criada — para glória…e proveito, se possível — para gestão do abastecimento de Água e das redes e ETAR do Saneamento Básico….

Pois…pois…mas quem é que vai acreditar nessa da não recandidatura do actual Presidente do Conselho de Administração da APdSE?…

 

 

 

Autor: João Dinis, Jano

LEIA TAMBÉM

«Entro na Câmara de fininho e sem especiais evidências. Saio a falar grosso e gestor de uma empresa lubrificada com dinheiros públicos». Autor: Carlos Martelo

Eis uma história de sucesso. Um dia, nos idos de 2009, os astros da política …

Nuno Tavares Pereira: “José Carlos Alexandrino não cumpriu praticamente nada do que prometeu”

Nuno Tavares Pereira fala sobre as obras que saíram do PRR e considera que não …