Home - Outros Destaques - José Francisco Rolo sucede a José Carlos Alexandrino, mas PSD/CDS-PP aumenta vereadores e Freguesias

José Francisco Rolo sucede a José Carlos Alexandrino, mas PSD/CDS-PP aumenta vereadores e Freguesias

O candidato do PS José Francisco Rolo venceu a Câmara Municipal de Oliveira do Hospital e sucede na liderança da autarquia a José Carlos Alexandrino, conseguindo eleger quatro vereadores contra três da Coligação “Construir o Futuro”. A coligação do PSD-CDS-PP, porém, conseguiu também aumentar o número de votos, vereadores (passou de um para três) e a liderança de Assembleias de Freguesia, passando de duas para quatro. O candidato do PS conseguiu 6.677 votos, contra 4.024 votos de Francisco Rodrigues.

A lista da Assembleia Municipal do partido socialista, liderada por José Carlos Alexandrino, superou o líder do CDS-PP ao recolher 6.514 votos e 13 mandatos, contra 4.077 votos e oito mandatos conseguidos pela lista de José Rodrigues dos Santos. O grande derrotado acaba por ser o Chega que chegou a manifestar o desejo de eleger um vereador e acaba por não conseguir sequer entrar na Assembleia, municipal, superando por pouco mais de 100 votos a CDU.

Em termos de Freguesias, a Coligação Construir o Futuro viu Bruno Amado manter a maioria absoluta na UF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira e ganhou São Gião aos socialistas, além das freguesias da Bobadela e Alvôco das Várzeas. Perdeu, porém, a freguesia de Avô. A CDU manteve o bastião em Meruge e o PS lidera dez das 16 autarquias, dado que em Lagos da Beira e Lajeosa venceram os independentes.

Em Tábua, o candidato do PS Ricardo Cruz conseguiu segurar a autarquia para o PS, vencendo por apenas 700 votos Fernando Tavares Pereira (3635 contra 2926), com a coligação PSD/CDS-PP a manter três vereadores contra quatro dos socialistas. Na Assembleia Municipal, o  PS conseguiu eleger 12 eleitos contra 9  da coligação liderada por Fernando Tavares Pereira.

PSD surpreende em Nelas e, na Guarda, independente saído do PSD vence Câmara

A grande surpresa da noite eleitoral autárquica na região de Viseu foi a vitória de Joaquim Amaral para a Câmara de Nelas pela coligação PSD-CDS, que regressa ao poder autárquico naquele concelho oito anos depois. O até agora vereador da oposição vai assim suceder ao socialista Borges da Silva, que liderava a autarquia desde 2013.

Em Celorico da Beira, Carlos Ascensão renovou o mandato ao vencer com maioria absoluta. Já na Guarda, o social-democrata que concorreu como independente, Sérgio Costa, venceu o actual presidente da Câmara e escolhido pela direcção nacional e distrital do partido, Carlos Chaves Monteiro. “AGuarda falou mais alto. Aquela campanha que nós fizemos foi a campanha pela verdade, foi a campanha pela transparência e foi nisso que a Guarda votou e é nisso que a Guarda acredita”, disse Sérgio Costa aos jornalistas após ter sido eleito presidente da maior Câmara do distrito.

O PS venceu as eleições para a Câmara de Mortágua, com maioria absoluta, conquistando a presidência ao PSD que não apresentou candidato, depois de Júlio Norte ter recusado recandidatar-se. Ricardo Pardal sucede a Júlio Norte com uma ao recolher cerca de 62 por cento dos votos. Os sociais-democratas aumentaram a vantagem em Arganil e recuperaram Penacova. Já o PS mantém a autarquia do Carregal do Sal.

LEIA TAMBÉM

UF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira lembrou vítimas dos incêndios

Num dia em que muitos populares se manifestaram indignados com as festas agendadas para a …

Festas em Oliveira do Hospital no dia de aniversário dos incêndios de 2017: Caldo entornado… Memórias e Sentimentos ignorados. «In Memoriam»

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital promove hoje, dia 15 de Outubro e amanhã …