Home - Últimas - Jovem negacionista brasileira morreu aos 22 anos vítima do vírus SARS-CoV-2

Jovem negacionista brasileira morreu aos 22 anos vítima do vírus SARS-CoV-2

A influenciadora digital Ygona Moura faleceu, na noite de quarta-feira, vítima da COVID-19. A jovem de 22 anos estava nos cuidados intensivos, entubada e em coma induzido. A informação foi confirmada pela família no Instagram: “Pessoal, perdemos a Ygona”. A jovem era uma negacionista que desvalorizou sempre a COVID-19 e incentivava os jovens a não seguirem as orientações da Organização Mundial de Saúde, divertindo-se a fazer piadas com aglomerações.

Ygona Moura, de resto, ganhou maior notoriedade ao participar em festas e minimizar a pandemia no início do ano. “Gente, que noite foi essa. Noite de aglomeração com sucesso. Saí de lá quase 8h00 da manhã. Aglomerei mesmo e recebi bem pra isso”, disse Ygona numa série de vídeos. “Hoje, estou aqui pela Tiradentes, estou caçando um baile, quero aglomerar de novo, estava morrendo de saudade de aglomerar”, disse ela, dias antes de ser diagnosticada com covid-19.

Internada desde o dia 16 no Hospital Cidade Tiradentes, na zona leste de São Paulo, a influenciadora digital reconheceu que de facto a doença era séria poucos momentos antes de entrar em coma e falecer. A rede social da influenciadora foi usada para dar detalhes do enterro. “A Ygona será sepultada às 11h, no cemitério da Vila Formosa. O caixão será lacrado e só poderá ir apenas dez familiares” (SIC).

 

LEIA TAMBÉM

Despiste em Manteigas causa dois feridos graves

O despiste de uma viatura ligeira em Sameiro, no concelho de Manteigas, provocou dois feridos …

Novo Mapa judiciário entra em vigor segunda-feira, Tribunal de Oliveira do Hospital reduzido Secção de competência genérica e Câmara só discutiu assunto a 24 de Julho

Tribunal iniciou julgamento de assaltantes de carrinha de Valores em Vila Nova de Poiares

O Tribunal de Coimbra começou hoje a julgar três homens e três mulheres acusados de …