Home - Outros Destaques - JP de Oliveira do Hospital apoia elaboração de manifesto que congregue ideias dos jovens para desenvolvimento do concelho

JP de Oliveira do Hospital apoia elaboração de manifesto que congregue ideias dos jovens para desenvolvimento do concelho

A Juventude Popular de Oliveira do Hospital, dado o período de eleições autárquicas, apoia uma iniciativa, designada por Manifesto Autárquico Jovem, que pretende compilar ideias dos mais novos para aplicar nas políticas locais. O projecto procura, segundo os responsáveis, zelar pelas necessidades, interesses e objectivos dos munícipes jovens e da região, acreditando que é do pluralismo de ideias e da entrega abnegada à causa local, que se alcançam medidas ambiciosas e inclusivas. O documento deverá contar “abertamente” com o “contributo de cada jovem munícipe, independentemente da sua filiação partidária” para “um município inteligente e sustentável, promotor do desenvolvimento e coesão local”.

“Arredado de ideologias dogmáticas, o projecto coordenado pelos jovens Michael Nunes e Bárbara Francisco, tem como propósito único e fundamental o desenvolvimento do nosso concelho e das suas gentes, apresentando abertura ao envolvimento de qualquer jovem que de forma sã e estruturada esteja motivado a construir um futuro melhor para o município, promovendo em cada um o sentido de pertença à comunidade, independentemente da filiação partidária. Entre jovens filiados e independentes, está já constituída uma equipa base instigada a alinhar o trabalho de cada um dos pilares, tendo já iniciado a ordem de trabalhos planeada”, refere um comunicado da organização, enfatizando que querem mobilizar o maior número de jovens que estejam interessados em contribuir com ideias para o futuro do município, nesta que é uma iniciativa aberta a todos.

Inconformados com o rumo sombrio que se antevê para o futuro do município, os responsáveis desta iniciativa referem que  o objectivo é que o documento congregue a opinião dos jovens que habitam no concelho ou ali têm raízes, “ainda que por vicissitudes económico-culturais se vêm forçosamente arredados das suas origens”. “À imagem de inúmeros municípios do interior do país, também o município de Oliveira do Hospital tem apresentado uma crescente desertificação e uma parca atratividade para gerações mais jovens, que tem originado um envelhecimento gradual da população. A ausência de políticas geradoras de impacto entre os mais jovens ao longo dos sucessivos mandatos municipais, tem levado a que se sub-aproveite um concelho de enorme potencial em toda a região centro, causando consequentemente danos na sua economia e dinâmica social”, sublinham.

“Com o propósito de gizar um conjunto de medidas direcionadas aos mais jovens, o manifesto ergue-se sobre cinco pilares fundamentais: Ambiente e Agricultura, Saúde, Cultura, Economia e Desporto. Estes surgem congregados no tronco de uma Oliveira, árvore características da região e simbolizadora do progresso, ramificando-se em folhas que mais não são do que as vastas temáticas que derivam da sustentação promovida por os temas deste tronco. A transversalidade dos cinco temas dá conta do impacto que o manifesto pretende ter no plano local, e do envolvimento que espera por parte dos seus jovens, carentes de oportunidades para dar conta da sua realidade e fazer ouvir as suas ideias nas mais diversas áreas”, explica o comunicado.

LEIA TAMBÉM

Candidatos da Coligação PSD/CDS-PP à UF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira censuram comportamento de Rui Monteiro, elemento da lista socialista

Os candidatos à União e Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira, no …

Bruno Amado acusa câmara e anterior executivo de o impedirem de fazer mais pela população da UF de Santa Ovaia e Vila Pouca da Beira

O candidato da coligação PSD/CDS-PP à União de Freguesias de Santa Ovaia e Vila Pouca …