Home - Educação - JS convida Associação de Estudantes de Oliveira do Hospital a reunir com Deputados jovens na Assembleia da República
Estudantes contra amianto

JS convida Associação de Estudantes de Oliveira do Hospital a reunir com Deputados jovens na Assembleia da República

A Federação Distrital de Coimbra da Juventude Socialista, em parceria com a Concelhia de Oliveira do Hospital da Juventude Socialista, convidaram ontem a Associação de Estudantes do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital a reunirem na Assembleia da República com os Deputados jovens do PS. O convite surgiu dos protestos realizados em Oliveira do Hospital relativamente ao actual estado de degradação das coberturas de amianto naquele estabelecimento de ensino, sede do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital.

Numa reunião realizada em Oliveira do Hospital entre as estruturas da Juventude Socialista e da Associação de Estudantes, o Presidente da Federação Distrital de Coimbra da Juventude Socialista, Tiago Estevão Martins, considerou que “todos os estudantes têm direito a se sentirem seguros no seu local de estudo” e elogiou a “pró-actividade e maturidade de intervenção da Associação de Estudantes” oliveirense que recentemente co-organizou uma acção de protesto e enviou pedidos de audiência para as bancadas parlamentares.

O Presidente da Concelhia de Oliveira do Hospital da Juventude Socialista, Tiago Martins, reforçou o “empenho em não deixar cair o assunto no esquecimento e garante fazer para que o assunto seja resolvido o mais rapidamente possível”. Já os representantes da Associação de Estudantes manifestaram a “vontade e empenho em continuarem o processo reivindicativo até que o assunto seja resolvido” e a “esperança de que mais forças políticas se associem a esta causa”.

Pais e alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira de Hospital ameaçaram, recorde-se, na segunda-feira de manhã«, durante uma manifestação, fechar a sede da instituição se até à Páscoa não forem retiradas as placas de fibrocimento, que contêm amianto, perigoso para a saúde, que ainda existem no estabelecimento escolar.  O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, entretanto, garantiu nesse mesmo dia que vai procurar resolver os problemas da presença de placas de fibrocimento ainda existentes nas escolas, explicando que existem verbas disponíveis.

LEIA TAMBÉM

Cidade de Oliveira do Hospital às escuras com cortes de electricidade perto da meia-noite

A cidade de Oliveira do Hospital sofreu ontem próximo da meia-noite várias quebras de abastecimento …

CM Oliveira do Hospital cancelou concurso para exploração do Café Central, apesar de existir uma proposta

O Café Central em Oliveira do Hospital dificilmente vai abrir este Verão. É que a …