Home - Últimas - Lar de José em Mangualde abre hoje visitas para 20 utentes depois da COVID acalmar

Lar de José em Mangualde abre hoje visitas para 20 utentes depois da COVID acalmar

Foi um dos Lares mais tenebrosos desta pandemia em Portugal. O Lar de S. José, em Santiago de Cassurrães, no concelho de Mangualde, registou 64 infectados pelo novo coronavírus, entre utentes e funcionários, e 10 mortes associadas à pandemia. Os tempos melhoraram e hoje é um dia diferente na instituição que retoma as visitas aos idosos. Mas segundo a directora técnica, Rute Pinto, de uma limitação, porque o COVID ainda anda por lá. Só vinte utentes podem receber, nesta altura, as visitas de segunda a sexta-feira.

“Temos ainda alguns utentes com Covid-19 e que estão neste momento noutro edifício. As visitas serão só para aqueles que têm teste negativo, cumprindo todas as indicações e orientações da Direcção-Geral da Saúde”, explica, enumerando algumas das regras como a marcação prévia, o cumprimento da etiqueta respiratória e a limitação das visitas a apenas uma por utente e por semana, “até ao máximo de 15 minutos”.

“Não permitimos visitas a acamados. As pessoas têm de respeitar a distância de segurança indicada no chão”, acrescenta a directora, que revela que o Lar já regista 25 casos recuperados do novo coronavírus. “Alguns deles ainda estão nos quartos porque os testes deram negativo há pouco tempo”, refere. Segundo a responsável, a retoma das visitas foi bem pensada.

Nesta altura, o Lar de S. José tem quatro funcionárias infectadas com a Covid-19 e 11 utentes, entre os quais um está internado no hospital.

LEIA TAMBÉM

Buscas por criança desaparecida concentradas na zona onde foram encontradas pegadas

As buscas pelo menino com dois anos que desapareceu ontem de manhã, em Proença-a-Velha (concelho …

Autoridades reforçaram os meios para encontrar menino de dois anos desaparecido de manhã na zona de Proença-a-Velha

A GNR garantiu que o dispositivo der buscas da vai ser reforçado com novos elementos, …