Home - Últimas - Lousã condena Penacova por abandonar APIN, mas população daquele concelho também tem movimento que pede saída

Lousã condena Penacova por abandonar APIN, mas população daquele concelho também tem movimento que pede saída

A Assembleia Municicipal da Lousã aprovou com maioria socialista, uma posição que eforça a condenação ao município de Penacova pela sua saída da Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior, APIN. Esta posição surge numa altura em que a propria população da lousãse tem manifestado no sentido de abandonar aquela empresa.

Segundo o jornal Trevim, cinco deputados do PSD abstiveram-se e dois, do BE e da CDU, votaram contra a tomada de posição da Câmara da Lousã (CML) face à saída do município de Penacova da APIN, aprovada com 18 votos a favor do PS na reunião extraordinária da Assembleia Municipal, realizada por videoconferência no dia 13.

O assunto continua envolto em polémica, uma vez que um movimento de censura DO Movimento Espontâneo de Cidadãos da Lousã (MEC-Lousã) remeteu, no dia 11, aos vereadores e ao presidente da Câmara Municipal, Luís Antunes, bem como ao presidente da Assembleia Municipal (AM), Carlos Seco, a petição a favor da saída do município da APIN, não “tendo obtido qualquer resposta ou proposta para debater o documento até ao fecho desta edição”, revela a mesma publicação.

 

LEIA TAMBÉM

Cinco detidos por tráfico de droga em Coimbra, dois ficam em prisão preventiva

Cinco pessoas, quatro homens e uma mulher, foram detidas, na passada quinta-feira, em Coimbra, por …

Idoso detido no Sabugal por caça ilegal com meios proibidos

Um homem de 78 anos foi detido em flagrante, no sábado, no Sabugal, por caça …