Home - Região - Oliveira do Hospital - Luís Lagos defende “estados gerais” sobre Oliveira do Hospital

Luís Lagos defende “estados gerais” sobre Oliveira do Hospital

O eleito do CDS/PP na Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital considera importante para o município a realização daquilo que apelidou de “estados gerais” do concelho. Luís Lagos defende encontros com especialistas locais das mais diversas áreas da sociedade para recolher ideias e experiências que ajudem a construir uma política positiva de desenvolvimento e crescimento da região.

“Vamos ouvir aqueles que de melhor temos na saúde, na educação, no turismo, nas IPSS, no agro-turismo… Vamos todos em conjunto, independentemente dos partidos, beber os seus ensinamentos e potenciar políticas de desenvolvimento”, frisou, adiantando que esta proposta teria sido uma das melhores respostas que o PS, partido que suporta o executivo municipal, poderia teria dado à moção de censura apresentada por António Lopes. Algo que, no seu entender, os socialistas foram incapazes de fazer.

As ideias recolhidas nestes encontros, segundo Luís Lagos, serviriam depois para os políticos concelhios de todos os quadrantes reflectirem. “Não tem a ver com o CDS/PP, com o PS, com o PSD ou com o Partido Comunista. Tem a ver com todos os que vivem aqui, para que surjam ideias que ajudem a desenvolver o concelho”, referiu aquele eleito quando deixou esta ideia na última Assembleia Municipal, adiantando que a iniciativa poderia avançar apenas com o apoio do seu partido, mas isso não seria a melhor solução. Quer algo mais abrangente.

“Os estados gerais seriam uma resposta à política negativa que muitas vezes se faz por aqui”, sublinhou, desafiando o presidente da autarquia e a todas as lideranças partidárias a avançarem com esta ideia. A proposta fico no ar, mas não recebeu comentários de apoio ou de recusa por parte de qualquer dos intervenientes.

LEIA TAMBÉM

CM de Oliveira do Hospital aprova orçamento de 34 milhões, oposição classifica-o de irrealista e incapaz de ir além de uma execução de 50 por cento

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aprovou, por maioria, em reunião extraordinária, no dia …

Requalificação do Açude da Ribeira recebe mais de 375 mil euros do programa Centro 2020 que aprovou “100 milhões de euros para áreas prioritárias para os cidadãos” 

O Programa Operacional Centro 2020 “aprovou 100 milhões de euros para projectos de qualificação dos …