Home - Sociedade - Mais de 600 escuteiros comemoram “S. Jorge” em Oliveira do Hospital

Mais de 600 escuteiros comemoram “S. Jorge” em Oliveira do Hospital

Os escuteiros da Diocese de Coimbra encontram-se, este fim-de-semana, 25 e 26 de Abril, em Oliveira do Hospital. O Parque dos Marmelos será o centro de todas as atenções, onde os mais de 600 escuteiros vão acampar em jeito de comemoração do S. Jorge 2009, entendido com “um exemplo sempre vivo do que um escuteiro deve ser”. “Quando ele enfrentava os perigos, situações temerosas, nunca tinha medo. Enfrentava-as corajosamente, sem procurar descanso”, lê-se no site do Corpo Nacional de Escutas.

Os Agrupamentos começam a chegar à cidade, pela manhã de sábado, devendo a montagem do campo ficar concluída até à hora de almoço. No período da tarde, terá lugar a “corrida de carros de rolamentos” – Madeira & Ferro – S. Jorge 2009, entre a rua Engenheiro António Campos e a rotunda. Depois do Jantar, realiza-se a segunda edição do Festival da Canção Escutista no Parque do Mandanelho.

O “Safari Fotográfico” ocupará a manhã de domingo, 26 de Abril, seguindo-se depois do almoço a Celebração Eucarística e Encerramento das actividades no Parque do Mandanelho.

Participam no encontro os agrupamentos de Santa Clara, Antanhol, Pombal, Côja, Vila Nova de Poiares, Arganil, S. Paio de Gramaços, Fala, Casal Comba, Barcouço, Penacova, Febres, Pedrógão Grande, Santa Apolónia, Carapinheira, Figueira de Lorvão, Vila Verde e Pereira.

O encontro é organizado pela Junta Regional de Coimbra do Corpo Nacional de Escutas com a colaboração do Agrupamento 880 – S. Paio de Gramaços, Oliveira do Hospital, e da respectiva autarquia.

LEIA TAMBÉM

GNR reabre em Março postos de atendimento reduzido encerrados temporariamente no distrito da Guarda

A GNR vai reabrir em março, de forma faseada, os nove Postos de Atendimento Reduzido …

PCP de Coimbra quer que prolongamento do IC6 avance rapidamente e que seja projectado até à Covilhã

A Direcção da Organização Regional de Coimbra do Partido Comunista considera que, depois do anúncio …