Home - Sociedade - Cultura - Mário Oliveira quer ser “Rei do Acordeão” no “Portugal do Coração”

Mário Oliveira quer ser “Rei do Acordeão” no “Portugal do Coração”

Depois de já ter passado por três eliminatórias, Mário Oliveira, natural de Trancoso e residente em Oliveira do Hospital há cinco anos, tem pela frente a final do concurso “Rei do Acordeão”.

A integrar o grupo de cinco finalistas, o jovem enfermeiro do Hospital da Fundação Aurélio Amaro Diniz é, a comprovar pelas estatísticas divulgadas diariamente pela RTP, forte candidato a vencedor.

Sujeito à votação por telefone, através do número 760 100 004, Mário Oliveira tem a sua última prestação marcada para sábado, dia 12 de março, durante um programa que terá transmissão em directo por aquele canal de televisão, entre as 16h00 e as 19h00, a partir de Torres Vedras.

Com 29 anos, Mário Oliveira faz-se acompanhar por um percurso ligado à música. Depois de já ter frequentado a formação de piano no Conservatório da Guarda, o jovem músico encontra-se a estudar a disciplina de Acordeão no Conservatório Regional de Música de Viseu.

Para além da formação, o jovem destaca também as influências musicais que recebeu de familiares e amigos.

Ainda que com formação profissional na área de enfermagem, Mário Oliveira confessa ter “paixão” pela música. “Treino várias horas por dia”, referiu ao correiodabeiraserra.com, garantindo que o repertório que reproduz no acordeão nada tem a ver com o habitual.

“Sigo uma linha clássica”, explicou a este diário digital, assegurando já ter mudado a opinião de colegas que dizem não gostar muito de acordeão. Para além de se desviar do estilo popular que marca o acordeão, Mário Oliveira sublinha que o próprio instrumento que utiliza tem um aspecto “muito sóbrio”.

LEIA TAMBÉM

Duas jovens de Seia aspirantes a estrelas da música vão estar no “The Voice Kids”

As jovens Mariana Martins e Sara Gouveia, naturais de Seia e alunas de canto da …

Música regressa à Sociedade Recreativa Penalvense

A Tuna Recreativa Penalvense, com direcção do maestro Rui Marques, e a Orquestra Desigual da …