Home - Últimas - Misericórdia de Pampilhosa da Serra “isola-se” e funcionárias trabalham em turnos de sete dias

Misericórdia de Pampilhosa da Serra “isola-se” e funcionárias trabalham em turnos de sete dias

A Misericórdia de Pampilhosa da Serra face à entrada na fase de mitigação da Covid-19, e numa perspectiva de reduzir a possibilidade de contágio dentro da Instituição, avançou com a implementação de turnos semanais acordados com as colaboradoras que aceitaram trabalhar em regimes de permanência nas respostas sociais ERPI e UCCI, durante sete dias, sendo rendidas por outras equipas que se mantém em isolamento nas suas habitações.

No caso da ERPI-sede e devido à ausência de condições de acolhimento de todas as equipas, as mesmas irão pernoitar na Residência de Estudantes, cedida pela Autarquia de Pampilhosa da Serra. As restantes equipas permanecerão nas instalações das respostas sociais face à existência de condições para o efeito.

“A situação que o País atravessa exige que valores como a solidariedade, a coragem e a união se imponham para um bem comum, protegendo a população mais vulnerável, os nossos seniores!”, refere a instituição, agradecendo
às colaboradoras que puderam aceitar este desafio, “priorizando o cuidado dos Utentes e sacrificando as suas vidas
pessoais”.

LEIA TAMBÉM

Buscas por criança desaparecida concentradas na zona onde foram encontradas pegadas

As buscas pelo menino com dois anos que desapareceu ontem de manhã, em Proença-a-Velha (concelho …

Autoridades reforçaram os meios para encontrar menino de dois anos desaparecido de manhã na zona de Proença-a-Velha

A GNR garantiu que o dispositivo der buscas da vai ser reforçado com novos elementos, …