Home - Outros Destaques - Tábua: MP pede castigo severo para homem que agrediu, violou e sequestrou mulher

Tábua: MP pede castigo severo para homem que agrediu, violou e sequestrou mulher

As agressões, sequestro num quarto e violação de um homem, de 36 anos, sobre uma mulher no concelho de Tábua começou a ser julgado em Coimbra. O Ministério Público pede uma pena superior a três anos e quatro meses de prisão efectiva, dado que o arguido é reincidente neste tipo de crimes.

Os acontecimentos remontam a Julho do ano passado, quando revoltado com o fim da relação amorosa o indivíduo terá alegadamente violado, espancado e sequestrado a mulher num quarto. A vítima conseguiu escapar 24 horas depois. Fugiu para a rua descalça. E pediu ajuda a um habitante que a levou à GNR, com os elementos desta força de segurança a procederem à detenção do suspeito.

O arguido já conta um vasto curriculum neste tipo de acções. Três anos antes, tinha sido condenado por violência doméstica a três anos e quatro meses de prisão efectiva. O ano passado, o suspeito voltou a praticar o mesmo crime, o que leva agora o Ministério Público a considerar que a pena anterior não foi suficiente para levar o arguido “a interiorizar o valor da sua conduta e para o impedir de praticar” novos crimes.

LEIA TAMBÉM

Número de casos de COVID-19 disparou para os 52 em Oliveira do Hospital e teme-se regresso ao confinamento

Oliveira do Hospital conheceu 26 novos casos de COVID-19 nos últimos três dias, elevando o …

CM de Oliveira do Hospital devolve IMI a associações e colectividades concelhias

Oliveira do Hospital e Tábua em risco de voltarem ao confinamento dentro de uma semana

O concelho de Oliveira do Hospital e Tábua estão entre os 27 concelhos em risco …