Home - Últimas - Multadas 60 pessoas por não usarem máscara nos transportes públicos

Multadas 60 pessoas por não usarem máscara nos transportes públicos

Vinte pessoas foram detidas por desobediência e 60 foram multadas por não usarem máscaras ou viseiras nos transportes públicos desde o início da situação de calamidade devido à covid-19, indicou hoje o Ministério da Administração Interna (MAI). Estas contraordenações são punidas com coima que pode ir dos 120 aos 350 euros.

O MAI avança que a PSP e a GNR detectaram também 1.698 situações de incumprimento do uso obrigatório de máscaras ou viseiras.  O Ministério tutelado por Eduardo Cabrita indica ainda que a PSP e a GNR encerraram, entre o início da situação de calamidade, a 3 de Maio, e a passada quinta-feira, 262 estabelecimentos e suspenderam 51 atividades por incumprimento das normas definidas.

Esta nova fase de combate à covid-19 prevê o confinamento obrigatório para pessoas doentes e em vigilância ativa, o dever geral de recolhimento domiciliário e o uso obrigatório de máscaras ou viseiras em transportes públicos, serviços de atendimento ao público, escolas e estabelecimentos comerciais.

LEIA TAMBÉM

Semana europeia da mobilidade assinalada com ciclismo nas escolas de Seia

O Município de Seia, a propósito da Semana Europeia da Mobilidade, e operacionalizada pela Associação …

Município de Gouveia assegura transportes escolares durante greve rodoviária

O Município de Gouveia está a assegurar o transporte escolar, devido à greve dos transportes, …