Home - Últimas - Município de Tábua aprova orçamento de 25 milhões para o ano de 2021

Município de Tábua aprova orçamento de 25 milhões para o ano de 2021

A Assembleia Municipal de Tábua, distrito de Coimbra, aprovou um orçamento de 25 milhões de euros para 2021, que aposta forte no ambiente, educação, infraestruturas e nas pessoas e famílias, disse à agência Lusa o presidente da Câmara. Segundo Mário Loureiro, a Câmara vai investir no próximo ano cinco milhões de euros na execução e conclusão de várias redes de saneamento no concelho.

No sector da educação, o autarca salienta o “grande investimento” de três milhões de euros, que inclui já a assunção de competências municipais nesta área, com a transferência de mais de 60 funcionários, a construção dos jardins de infância de Candosa e Mouronho e a conclusão da escola básica de Mouronho, além da substituição das coberturas em fibrocimento do Agrupamento de Escolas e do Jardim de Infância de Tábua.

“Temos também um investimento muito significativo na beneficiação de infraestruturas e estradas municipais, que ultrapassa os 2,5 milhões de euros”, referiu o presidente da autarquia, destacando também a provisão de um milhão de euros no orçamento para a construção do edifício Cultiva, que vai albergar o ensino profissional, salas de formação do IEFP e uma incubadora de empresas.

A ampliação da zona industrial e a sua infraestruturação vai absorver uma verba “avultada”, em que estão reservados mais de 500 mil euros “só para a aquisição de terrenos”, adiantou Mário Loureiro. O autarca adiantou ainda que está orçamentado a construção de um centro municipal de Proteção Civil, “que tem candidatura aprovada”.

Por outro lado, Mário Loureiro sublinha que o município “mantém a aposta nas pessoas e nas famílias”, reservando uma verba de 500 mil euros, “que pode ser reforçada, para combate à covid-19 e apoio social às famílias”. “Se a pandemia se mantiver estamos preparados para fazer face a essa eventualidade, mesmo sacrificando algumas obras”, disse o presidente da Câmara.

O Orçamento para 2021 contempla ainda a execução de ciclovias, investimentos na ordem dos 300 mil euros nos Trilhos de Gaios e apoios à reconstrução de habitações não permanentes, que foram destruídas pelos incêndios de 2017. Relativamente a 2020, o Orçamento regista um aumento de cerca de quatro milhões de euros, que, segundo o autarca de Tábua, se deve “à assunção de competências na área da Educação e financiamento de obras e pavimentações”.

LEIA TAMBÉM

Presidente da CM de Montemor-o-Velho sucede a José Carlos Alexandrino na presidência da CIM Coimbra

O presidente da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho, Emílio Torrão, é o novo presidente do Conselho …

Seia: casos de COVID-19 continuam a aumentar e há mais uma vítima mortal

O concelho de Seia somou nos últimos dias mais 36 casos de COVID-19, somando já …