Home - Últimas - Municípios do Pinhal Interior contestam aumento de preço do tratamento de resíduos

Municípios do Pinhal Interior contestam aumento de preço do tratamento de resíduos

Os 11 municípios que fazem parte da Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior (APIN) contestam o aumento “superior a 50 por cento” da tarifa de tratamento de resíduos sólidos urbanos para 2022. A APIN afirma que, em reunião de accionistas, os representantes das Câmaras Municipais que a integram, manifestaram-se contra o aumento anunciado pela Empresa de Tratamento de Resíduos Sólidos Urbanos do Centro (ERSUC), considerando-o “excessivamente elevado”. A posição da empresa intermunicipal surge na sequência “de um comunicado enviado às autarquias, por parte da ERSUC”, sobre a actualização da tarifa de tratamento de resíduos sólidos urbanos para 2022.

“Trata-se de um aumento abrupto, com o qual discordamos e para o qual não foi apresentada fundamentação plausível que sustente esta subida significativa de custos”, contesta o Conselho de Administração da APIN. A tarifa para 2022 cifra-se em cerca de 44 euros por tonelada de resíduos mais IVA, “um aumento superior a 50 por cento face à tarifa actual, um aumento inesperado tendo em conta o verificado em anos anteriores”, explica o director executivo e financeiro da APIN, Rui Simões.

“A ERSUC é a empresa que nos presta o serviço associado ao tratamento de resíduos urbanos que recolhemos diariamente, sendo um dos custos mais relevantes para a APIN”, acrescenta Rui Simões, alertando ainda que o aumento dos custos de tratamento de resíduos sólidos – decidido pela ERSUC, “com total conivência da ERSAR” (a entidade reguladora dos serviços de águas e resíduos) – “poderá ser extremamente negativo para o projecto de desenvolvimento e sustentabilidade da APIN”.

A APIN é constituída por capitais exclusivamente públicos dos municípios de Alvaiázere, Ansião, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande (distrito de Leiria) e Góis, Lousã, Pampilhosa da Serra, Penacova, Penela e Vila Nova de Poiares (Coimbra).

 

LEIA TAMBÉM

Candidatos a deputados do PS por Coimbra e de Viseu visitam IP3 em Penacova

Os candidatos a Deputados do PS à Assembleia da República pelos círculos eleitorais de Coimbra …

“Apelo a compromisso público para ser travado o processo dos projetos em curso de mineração, designadamente de Lítio”

Um conjunto de organizações decidiram escrever uma carta aberta aos partidos políticos e aos candidatos …