Home - Outros Destaques - “Não há ninguém infectado com COVID-19 no Centro Social de Travanca de Lagos”

“Não há ninguém infectado com COVID-19 no Centro Social de Travanca de Lagos”

O presidente do Centro Social de Travanca de Lagos (CSTL) garante que não existe qualquer caso de COVID-19 na instituição. Nuno Santos explicou que uma funcionária que trabalha na área do pré-escolar nas instalações daquela IPSS testou positivo. Mas assegura que não é colaboradora daquela instituição, mas de outra a quem a IPSS cede “gratuitamente” o espaço. Ainda assim, sublinha que a IPSS, logo na terça-feira, testou (com resultados negativos) todos os trabalhadores que desempenham funções naquele edifício. Nuno Santos frisa ainda que, ao contrário daquilo que o CBS chegou a avançar ontem, os pais dos alunos a cargo da CSTL (Creche e ATL) foram directamente informados pela instituição, a qual transmitiu também a informação às entidades responsáveis pelo pré-escolar e pelos almoços dos alunos do ensino básico.

CBS- Como se encontra o cenário em termos de COVID-19 no Centro Social de Travanca de Lagos (CSTL)?

Nuno Santos – Houve uma pessoa da Bobadela que trabalha na sala do pré-escolar que deu resultado positivo. É uma área que não é da responsabilidade da CSTL, mas imediatamente informámos o delegado de saúde, fizemos testes a todos os funcionários, mesmo aqueles que não pertencem à instituição, mas que exercem a sua profissão aqui no edifício. Todos os resultados foram negativos. Podemos dizer que não existe nenhum caso de COVID-19 neste Centro.

Os pais foram informados?

Ao contrário daquilo que noticiou o vosso jornal, os pais das crianças ligadas à instituição foram informados directamente por nós, que são os elementos da Creche e do ATL. Paralelamente, foram informadas as entidades que tutelam os almoços dos alunos do primeiro ciclo e quem tem a responsabilidade do pré-escolar. Informar esses pais não era responsabilidade nossa, até porque não tínhamos os dados. A essas crianças, limitamo-nos a ceder o espaço.

Os alunos da CSTL foram testados?

Não, porque não há necessidade. Não houve contacto entre o pré-escolar e a creche e o ATL. O edifício é o mesmo, mas encontram-se em espaços diferentes. Quanto aos utentes do pré-escolar e dos alunos que vão almoçar à instituição a não é responsabilidade nossa.

Há uma sala encerrada?

Foi encerrada preventivamente por ordem do delegado de saúde durante quatro dias. Provavelmente, pode reabrir na segunda-feira. Não depende de nós. Mas o importante a reter é que a instituição tratou de testar de imediato todos os funcionários, informar os pais e as entidades responsáveis pelas outras crianças.

LEIA TAMBÉM

Choque frontal em Seixo da Beira provoca ferido grave

Um choque frontal entre dois veículos ligeiros de mercadorias hoje de manhã em Seixo da …

Oliveira do Hospital: viatura corta trânsito pedonal junto ao rio Alva desde Agosto

Uma viatura pesada de matrícula francesa está a impedir o trânsito pedonal, junto ponte romana, …