Home - Nacional - Neve e agitação marítima coloca 15 distritos sob alerta laranja

Neve e agitação marítima coloca 15 distritos sob alerta laranja

Quinze distritos do continente estão esta terça e sexta-feira sob aviso laranja devido à previsão de forte agitação marítima e queda de neve, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Aveiro, Porto, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vão estar sob aviso laranja, o segundo mais grave de uma escala de quatro, devido à agitação marítima prevendo-se ondas de noroeste com cinco a seis metros, podendo, durante a manhã e tarde de quarta-feira, ser de seis a sete metros. Estes dez distritos vão estar sob aviso laranja entre a 01 da manhã desta terça-feira e as 12 horas de quinta-feira.

Também sob aviso laranja estão os distritos Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Guarda e Castelo Branco por causa da queda de neve acima dos 600 a 800 metros entre as 12 horas desta terça-feira e a meia-noite de quinta-feira.

Ainda por causa da neve, o IPMA colocou os distritos Porto, Viseu, Bragança, Coimbra sob aviso amarelo entre as 15 horas desta terça-feira e a meia-noite de quarta-feira.

O IPMA colocou ainda os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro sob aviso amarelo entre as 12 horas e as 18 horas de quarta-feira devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros/hora.

Já o arquipélago da Madeira vai estar também sob aviso amarelo entre as 18 horas desta terça e as 18 de quinta-feira devido à forte agitação marítima com ondas com quatro metros aumentando para cinco a partir das 12 horas de quarta-feira.

Por causa da agitação marítima, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) emitiu segunda-feira um alerta amarelo no qual alertou para os possíveis acidentes na orla costeira e danos em estruturas junto à orla costeira.

A ANPC recordou que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados. A Proteção Civil recomenda à população a ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a inundações rápidas e a não praticar atividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos na orla marítima. Aconselha também a população a estar atento às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.

jn.pt

LEIA TAMBÉM

Autoridades de La Palma agradecem donativo da MAAVIM

O Governo regional do arquipélago das Canárias agradeceu hoje via email o donativo de 500 …

Padre investigado por alegadamente assediar menor em Viseu 

O Ministério Público está a investigar um padre da diocese de Viseu, de 46 anos, …