Home - Desporto - O dia do último adeus a Eusébio

O dia do último adeus a Eusébio

Os admiradores de Eusébio têm, nesta segunda-feira, a última oportunidade de se despedirem do célebre futebolista, que morreu no domingo, aos 71 anos, de paragem cardiorrespiratória, em Lisboa. Para as 13h30 está marcada uma volta da urna ao Estádio da Luz — um desejo do atleta. O funeral é às 17h, no cemitério do Lumiar.

ervedal2O corpo de Eusébio está em câmara ardente até ao início da tarde no Estádio da Luz, após o que será dada a volta ao estádio. Em seguida, o cortejo fúnebre atravessa Lisboa em direção aos Paços do Concelho, dirigindo-se em seguida ao seminário da Luz, onde será celebrada missa de corpo presente. Daí seguirá para o cemitério.

O acesso ao local do estádio onde o corpo está a ser velado, junto à porta 1, é feito pela porta 11 e voltou a ser possível na manhã desta segunda-feira. No domingo, milhares de adeptos de Eusébio desfilaram junto à urna. As portas foram fechadas por volta da meia-noite, depois de terminada a fila de adeptos.

O Governo decretou três dias de luto nacional pela morte de Eusébio e a Federação Portuguesa de Futebol determinou que seja cumprido um minuto de silêncio nos jogos. A morte de Eusébio levou ao adiamento da condecoração do futebolista Cristiano Ronaldo pelo Presidente da República, prevista para terça-feira. A cerimónia foi adiada para o dia 20 de Janeiro.

Considerado um dos melhores futebolistas de sempre, Eusébio da Silva Ferreira, o Pantera Negra, nasceu a 25 de Janeiro de 1942 em Lourenço Marques, atual Maputo, Moçambique. Estreou-se no Benfica em Maio de 1961, fez o último jogo vestido de encarnado em Março de 1975.

Com Eusébio na equipa, o Benfica foi 11 vezes campeão. Sete vezes melhor marcador do campeonato português, duas vezes o melhor goleador da Europa, ajudou o clube a vencer cinco taças de Portugal e um título de campeão europeu de clubes. Contribuiu decisamente para o terceiro lugar da selecção portuguesa no Mundial de 1966, em que foi o melhor marcador do torneio, com nove golos. Foi o primeiro português a ser considerado o melhor da Europa, em 1965, muito antes de Figo, em 2000, e Cristiano Ronaldo, em 2008.

Com publico.pt

anuncioseixo

LEIA TAMBÉM

Edição de 2021 do Rali de Tábua cancelada devido a calendário sobrecarregado

A edição de 2021 do Rali de Tábua, previsto para 13 e 14 de Novembro, …

Vírus da COVID-19 pode ser sazonal e ter relação com baixas temperaturas

O vírus que provoca a Covid-19 pode ser sazonal e estar relacionado com as baixas …