Home - Opinião - Ó “filhos do partido” – do CDS/PP – que bafio exalais por ideias! Autor: João Dinis, Jano

Ó “filhos do partido” – do CDS/PP – que bafio exalais por ideias! Autor: João Dinis, Jano

Por detrás de uma linguagem rebuscada nas arcas do léxico Português e, por analogia, nos baús encoirados do cérebro, tresanda a bafio bolorento este CDS/PP em Oliveira do Hospital.

Ressoam oco, “eles”, em tiradas patrioteiras em vez de afirmarem patriotismo que o CDS/PP, e PSD e PS, não esqueçamos nunca, puseram-se de cócoras até beijarem as solas das botas da “troika” que para cá trouxeram a dar-nos cabo da vida e a submeter a soberania e a independência nacionais. Sim, “eles” estiveram de corpo e de alma (se a tiverem) mancomunados com os estrangeiros mais soezes no “pacto de agressão” a Portugal e aos Portugueses que foi a submissão à “troika” e aos que “mandam nisto tudo” – e sejam eles grandes capitalistas alemães ou franceses…

Depois, neste CDS/PP pretensamente oliveirense, que promíscua confusão entre o 10 de Junho e “Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades” – que “eles” gostariam que continuasse também o “Dia da Raça” –  e o “25 de Abril”.  

O 10 de Junho – desde D. Luís I, aliás – foi suscitado por pretender assinalar o (suposto) dia da morte de Luís Vaz de Camões, em 1580.  Por tal acontecimento, até seria um dia triste… mas, condescendamos, Luís Vaz, ele próprio, assinalou o dia do seu nascimento com o famoso soneto do “O dia em que eu nasci moura (morra) e pereça – não o queira jamais o tempo dar”… Sim, Camões foi humano e estava “na fossa” ao escrevê-lo…e, ainda assim, fez brotar o seu génio em lágrimas mais do que amargas.  Camões merece a distinção !  E o meu País também !  As “Comunidades”, enfim, é bem melhor que a “raça” dos fascistas…

O 25 de Abril é o dia da “Revolução dos Cravos” e do derrube da ditadura fascista de Salazar e Caetano mais dos fascistas da época…e dos que continua havendo, travestidos ou não, como se vê…

O que lhes dói, a “eles”, não é a pandemia.  A pretexto, aliando-se de facto à “Covid 19”, “eles” queriam é que se não comemorasse Abril…ou o 1º de Maio… e fosse em Oliveira do Hospital, fosse em Lisboa, fosse onde fosse.  Mas “eles” não tiveram força para nos imporem esses objectivos neo-fascistas.  Afinal, também foi para lhes retirar força política, social e económica que se fez o 25 de Abril !

Ontem e hoje, estes auto-proclamados “democratas cristãos”, afinal, continuam sendo pouco democratas e ainda menos cristãos…

A luta continua !

Viva o 25 de Abril !

Viva Portugal soberano e independente !

 

Autor: João Dinis, Jano

LEIA TAMBÉM

COVID-19, dia 30 de Junho… véspera da abertura das fronteiras. Autor: Carlos Antunes

Estamos a horas de serem abertas as fronteiras terrestre com Espanha. Há 2 meses perguntava-se …

Viajar no tempo – O nosso património. Autor: Fernando Tavares Pereira

Hoje vim visitar os Fiais da Beira. Terra onde em tempos vinha nas lides futebolísticas …