Home - Sem categoria - O Outono chegou e dia 31 de Outubro o relógio atrasa-se uma hora
Relógios atrasam-se 60 minutos esta madrugada devido a uma medida de 1916 para poupar carvão

O Outono chegou e dia 31 de Outubro o relógio atrasa-se uma hora

O Outono acabou de chegar (o Equinócio ocorreu esta noite às 20h21) – e vai prolongar-se ao longo de 90 dias – até ao próximo solstício, que ocorre a 21 de Dezembro, às 15h59, e que assinala a chegada do Inverno. Com esta nova estação, começa a contagem decrescente para a mudança de hora. De acordo com o Observatório Astronómico de Lisboa, as alterações da hora ocorrem no último domingo de Março e no último domingo de Outubro. E este ano, o último domingo do próximo mês é no dia 31. É nesta data que terá de atrasar o seu relógio.  Em Portugal continental e na Madeira, às 2h00 deve-se atrasar o relógio uma hora (voltando a ser 1h00). Já nos Açores, devido à diferença no fuso horário faz-se a ‘alteração’ às 1h00 (voltando a ser 00h).

A hora ainda muda. Em 2019, o Parlamento Europeu votou a favor do fim da mudança da hora, duas vezes ao ano, a partir de 2021. Contudo, a decisão final cabe aos Estados-membros. Na altura, o primeiro-ministro António Costa anunciou que Portugal manteria o ‘regime bi-horário’, com “hora de Verão e hora de Inverno”.

Actualmente, existem três fusos horários na UE: a hora da Europa Ocidental ou Tempo Médio de Greenwich (Portugal, Irlanda e Reino Unido), a hora da Europa Central (17 Estados-Membros), e a hora da Europa Oriental (Bulgária, Chipre, Estónia, Finlândia, Grécia, Letónia, Lituânia e Roménia). Para os Açores e as Ilhas Canárias vigoram disposições especiais.

LEIA TAMBÉM

Índice Ultravioleta muito elevado em Portugal continental

Nos próximos dias o Índice Ultravioleta estará no grau de muito elevado, segundo o IPMA. …

O regresso da pesca desportiva, a técnica e uma pista de referência em Celorico da Beira

Falta algum tempo para o início da prova de pesca desportiva na pista da Ratoeira, …