Home - Destaques - Oliveira do Hospital atenta a festas ilegais e a comportamentos de risco para a saúde pública no Verão

Oliveira do Hospital atenta a festas ilegais e a comportamentos de risco para a saúde pública no Verão

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital (CMOH) está a redobrar a vigilância sobre a pandemia da Covid-19 durante os meses de Verão, por se tratar de um período do ano em que, normalmente, ocorre o regresso de muitos emigrantes e aumentam os fluxos turísticos. Nesse sentido, a Câmara Municipal vai lançar uma campanha de sensibilização a apelar à população e aos visitantes para que cumpram com as regras de segurança recomendadas pela Direcção-Geral da Saúde (DGS), nomeadamente ao nível do uso de máscara, distanciamento social, higienização das mãos e etiqueta respiratória. As festas ilegais e comportamentos de risco vão estar na mira das autoridades.

Sem novos casos de Covid-19 há mais de um mês e meio, o Município de Oliveira do Hospital quer continuar a afirmar-se como um destino seguro, considerando para isso como fundamental que a população local e os visitantes tenham a máxima prudência e adoptem comportamentos responsáveis. Em articulação com a Autoridade de Saúde Local, a Protecção Civil Municipal, o Gabinete de Gestão da Covid-19, a GNR e as Juntas de Freguesia, a Câmara Municipal vai estar especialmente atenta à realização de festas ilegais e a comportamentos que possam acarretar riscos para a saúde pública, assim como a ajuntamentos de pessoas que contrariem as recomendações da DGS.

Pretendendo assegurar um Verão em segurança, a CMOH montou um dispositivo de controlo que visa evitar a sobrelotação das praias fluviais e de outros espaços de recreio e lazer, congratulando-se por a maior parte das unidades de alojamento turístico do concelho estarem certificadas pelo Turismo de Portugal com o selo “Clean & Safe”. Com vista a contribuir também para a segurança dos trabalhadores e cidadãos, no âmbito das recomendações da Direcção-Geral da Saúde para travar a Covid-19,

O Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, que sublinha que “só se vence esta guerra pela prevenção”, dá as boas vindas aos emigrantes que regressam à sua terra Natal e a todos os cidadãos que escolhem este concelho como um destino turístico, mas apela ao cumprimento rigoroso das recomendações da DGS para travar a propagação da Covid-19.

O autarca salienta ainda que o Gabinete Municipal de Gestão da Covid 19, que está com a responsabilidade de assegurar o cumprimento das normas da DGS nas praias fluviais e noutras zonas de recreio e lazer, mantém-se activo e atento à evolução da crise sanitária, tendo inclusivamente uma linha telefónica de apoio ao cidadão (238 605268/9).

LEIA TAMBÉM

Oliveira do Hospital com 26 novos casos de COVID-19 em três dias e à beira de regressar ao confinamento

O concelho de Oliveira do Hospital conheceu 26 novos casos de COVID-19 nos últimos três …

“Governo despreza aspirações da população e candidatos socialistas locais não hesitam em voltar a dar a cara pelo PS”

A saída do prolongamento do IC 6, entre outras da região, das Obras incluídas no …