Home - Outros Destaques - Oliveira do Hospital e Tábua em risco de voltarem ao confinamento dentro de uma semana
CM de Oliveira do Hospital devolve IMI a associações e colectividades concelhias

Oliveira do Hospital e Tábua em risco de voltarem ao confinamento dentro de uma semana

O concelho de Oliveira do Hospital e Tábua estão entre os 27 concelhos em risco máximo de contágio e que dentro de uma semana podem recuar para confinamento, quando for realizado uma nova avaliação que agora, no Estado de Calamidade, passa a ser semanal. Os casos nestes dois concelhos vizinhos não param de subir, superam já claramente a linha vermelha dos 120 casos por cada 100 mil habitantes, e António Costa especificou que estes territórios têm de estar em alerta ou dentro de uma semana regressam ao confinamento.

António Costa disse que estes concelhos, onde se encontra também Arganil, “estão a crescer a um ritmo muito significativo” e que sem as avaliações o Governo poderia “intervir tarde de mais”, pelo que se irá manter a regra das duas avaliações negativas da incidência nos concelhos. “Receio que muitos destes 27 concelhos estejam daqui a uma semana a recuar no processo de desconfinamento”, admitiu o primeiro-ministro.

O concelho do Carregal do Sal, entretanto, permanece em confinamento, e ontem teve mais quatro casos, num total de 11 infectados activos.  Apenas dois doentes recuperaram. Dentro de uma semana, este caso será novamente analisado.

Desconfinamento antecipado para 1 de Maio

O primeiro-ministro  anunciou ainda que o país avança a partir de 1 Maio  para quarta – e última – fase do desconfinamento devido à pandemia da Covid-19. “O Estado de Emergência será substituído pelo Estado de Calamidade”, disse António Costa, antecipando o que estava previsto para 3 de Maio.  O País avança com quarta fase de desconfinamento, uma vez que se “mantém no quadrante verde”, em termos de taxa de transmissibilidade e incidência.

Eis as medidas:

– Abertura das fronteiras com Espanha

– Restaurantes, cafés e pastelarias (máx. 6 pessoas ou 10 em esplanadas) até às 22h30.

– Todas as modalidades desportivas;

– Actividade física ao ar livre e ginásios;

– Grandes eventos exteriores e eventos interiores com diminuição de lotação;

– Casamentos e baptizados com 50% de lotação.

LEIA TAMBÉM

Número de casos de COVID-19 disparou para os 52 em Oliveira do Hospital e teme-se regresso ao confinamento

Oliveira do Hospital conheceu 26 novos casos de COVID-19 nos últimos três dias, elevando o …

Presidente da Junta quer medidas da CM de Oliveira do Hospital para praia de Avô recuperar Bandeira Azul no próximo ano

O presidente da Junta de Freguesia de Avô acusa os serviços da Câmara Municipal de …