Home - Sociedade - Operação Anjo da Guarda reforça fiscalização de uso do cinto e telemóvel na condução
GNR GNR deteve mais de uma centena de pessoas e apreendeu droga e armas de fogo

Operação Anjo da Guarda reforça fiscalização de uso do cinto e telemóvel na condução

Mais de 1.800 militares da GNR vão fiscalizar, amanhã, em todo o país, o uso dos cintos de segurança, de cadeirinhas para crianças e de telemóvel durante a condução, indicou hoje a corporação. A operação denominada “Anjo da Guarda”, vai mobilizar 1.864 militares dos comandos territoriais da GNR e da Unidade Nacional de Trânsito, que vão realizar 728 acções de fiscalização.

Segundo a GNR, a fiscalização vai ser direccionada para as vias situadas no interior das localidades, na proximidade das escolas, estradas nacionais, regionais e municipais, onde as infracções sobre o uso de cinto de segurança, cadeirinhas para crianças e telemóvel durante a condução são mais frequentes.

A GNR adianta, entre Janeiro e Outubro deste ano, foram detectadas 18.256 infracções por uso do telemóvel durante a condução, 19.012 por falta de uso de cinto de segurança e 1489 por falta de Sistema de Retenção para Crianças (SRC).

LEIA TAMBÉM

Militar ferido em colisão entre duas motas da GNR na A25 na Guarda

Duas motas da GNR da Guarda colidiram esta terça-feira de manhã na estrada A25 sentido …

Semana europeia da mobilidade assinalada com ciclismo nas escolas de Seia

O Município de Seia, a propósito da Semana Europeia da Mobilidade, e operacionalizada pela Associação …