Home - Outros Destaques - Oposição na CM de Oliveira do Hospital considera as freguesias “o parente pobre”

Oposição na CM de Oliveira do Hospital considera as freguesias “o parente pobre”

Os vereadores eleitos pela Coligação “Unidos para Construir o Futuro” consideram que “mais uma vez as juntas de freguesia ocupam o lugar de parentes pobres do poder local, mesmo que se faça crer o contrário”. Os vereadores da do PSD/CDS-PP consideram que existe uma nova abordagem do executivo no que respeita às freguesias que não é positiva.

“As verbas previstas para 2022, respectivamente de 255.000 euros em transferências de
capital – menos 15.000 do que na versão corrigida para 2021 – e de 415.000 euros em transferências correntes, são já muito inferiores aos valores efectivamente transferidos em 2016 e 2017, por exemplo, de mais de 450.000 euros anuais em transferências de capital e de mais de 650.000 euros em transferências correntes. Ou seja, “mais uma vez as juntas de freguesia a ocuparem o lugar de parentes pobres do poder local, mesmo que se faça crer o contrário”, afirmaram os vereadores na oposição oliveirense.

E concluem que a seu tempo o voto será contra. “Estas não são propostas que possam cativar a concordância ou, sequer, a benevolência dos vereadores eleitos pela Coligação PSD/CDS, pelo que  sentido do nosso voto expressará, naturalmente, esta nossa apreciação desfavorável”, explicam.

LEIA TAMBÉM

“O Alexandrino não sabe o que diz…”

A candidata número dois do PSD pelo círculo eleitoral de Coimbra defendeu hoje a necessidade …

CM de Oliveira do Hospital devolve IMI a associações e colectividades concelhias

Concelho de Oliveira do Hospital com 132 novos casos de COVID-19 nos últimos três dias

O concelho de Oliveira do Hospital teve 132 novos casos de COVID 19 nos últimos …