Home - Sem categoria - Pampilhosa da Serra em risco extremo de infecção pelo SARS-CoV-2

Pampilhosa da Serra em risco extremo de infecção pelo SARS-CoV-2

O concelho da Pampilhosa da Serra, com 967 casos por 100 mil habitantes, é um dos quatro concelhos em Portugal em risco extremo de infecção pelo vírus SARS-CoV-2, segundo o último boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, e que dá conta de mais 2.371 novos casos e cinco mortes. Marvão ocupa o primeiro lugar (1338 casos) e Murça (982).

O risco extremo de infecção verifica-se quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias acima dos 960 casos de infecção por 100 mil habitantes.

Por outro lado, há pouco mais de uma dezena de concelhos que registam uma incidência de zero casos, de acordo com o mesmo relatório, menos do que na semana passada.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

LEIA TAMBÉM

COVID-19 aumenta e volta a matar no concelho de Tábua

O número de casos de COVID-19 dispararam na última semana no concelho de Tábua que …

Ciclista da equipa de Mortágua Iúri Leitão perde o bronze “ao cair do pano” no Campeonato do Mundo de Pista

O ciclista Iúri Leitão brilhou ao longo de todo o concurso de omnium e tentou …