Home - Últimas - PCP considera inaceitável redução das urgências e encerramento da UCI do Hospital dos Covões
José Carlos Alexandrino garante que existem três médicos dispostos a vir trabalhar para Oliveira do Hospital desde que sejam contratados pela tutela

PCP considera inaceitável redução das urgências e encerramento da UCI do Hospital dos Covões

O PCP considera escandalosa a redução do horário nocturno da urgência e o encerramento da unidade de cuidados intensivos do Hospital dos Covões, em Coimbra. Em comunicado, os comunistas referem que aquelas estruturas são “indispensáveis para fazer cumprir o direito à saúde no distrito”. “É inaceitável que, à boleia da epidemia, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) encerre estes serviços e prive a população do que são serviços essenciais para a região e para o país”, refere a estrutura regional de Coimbra, em comunicado.

O serviço de urgência nocturna, “que encerrou em 2012 (primeiro fruto envenenado da fusão do CHUC) e reabriu por via da pandemia, mostrou-se também indispensável antes e após o pico do surto epidémico”. A unidade de cuidados intensivos, que estava em funcionamento no período antes do surto epidémico, “é necessária e indispensável”, acrescentam.

“Os sobrecarregados Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC) serão, mais uma vez, o escape para o acelerado desmantelamento dos Covões”, acrescentam. “Como o PCP alertou, o processo de fusão dos Hospitais de Coimbra veio agravar os sobrecarregados serviços, degradar os serviços prestados, bem como as condições dos trabalhadores do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra”, pode-se ler na missiva.

Salientando que a reversão da fusão do CHUC é um processo urgente pelo qual “se tem batido e continuará a bater”, o PCP entende que “não há qualquer justificação válida para o encerramento destes serviços, a não ser o favorecimento do negócio privado da doença que, como se tem constatado, tem prosperado nesta região”.

O partido questiona ainda o Governo sobre como “podem os já sobrecarregados HUC dar resposta aos cuidados intensivos e ao serviço de urgência necessários na região de Coimbra”. “Num cenário de eventual agravamento do surto epidémico, como vai o CHUC agir perante o encerramento destes serviços?”, interrogam ainda os comunistas.

LEIA TAMBÉM

Paulo Catalino confirmado como candidato do PS à Câmara do Carregal do Sal

A Federação distrital do PS Viseu aprovou ontem à noite o nome de Paulo Catalino …

Casos de COVID-19 no Carregal do Sal em queda

O concelho do Carregal do Sal registou ontem a recuperação de cinco casos de COVID-19 …